Governo homologa resultado final dos concursos da Fcria, Iapen e Grupo Gestão

Compartilhe:





O governador Waldez Góes assinou nesta sexta-feira, 31, a homologação do resultado final dos concursos públicos da Fundação da Criança e do Adolescente (Fcria), Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) e Grupo Gestão Governamental. Os candidatos aprovados devem ficar atentos às próximas fases dos editais, que serão divulgadas no site da Secretaria de Estado da Administração (Sead) e Diário Oficial do Estado (DOE).

Os três concursos ofertam 539 vagas para contratação imediata. Somadas às dez vagas ofertadas no certame para oficiais da saúde da Polícia Militar (PM/AP), homologado no mês passado, o Estado terá o ingresso imediato de 549 novos servidores. O governo também ampliou a validade dos concursos do Iapen, Fcria e Gestão para dois anos, podendo ser prorrogada por igual período.

“Isso aumenta as possibilidades do planejamento da gestão, aproveitando os profissionais qualificados que foram aprovados e melhorando cada vez mais o serviço público”, avaliou o chefe do Executivo amapaense.

Góes também anunciou que autorizou estudos para a realização de mais concursos para as áreas da saúde, educação, Amapá Previdência (Amprev) e Departamento Estadual de Trânsito (Detran/AP).

Fcria

O certame da Fundação da Criança e do Adolescente (Fcria) oferece 50 vagas imediatas de nível médio para educador social e monitor socioeducativo. Para o ensino superior são 14 vagas imediatas para educador social, pedagogo e psicólogo. Os concorrentes aprovados na prova objetiva e discursiva-redação terão que superar as próximas fases: o Teste de Aptidão Física (TAF), exame documental, exame de saúde, exame psicológico e curso de formação. Todas de caráter eliminatório.

O salário para as vagas de ensino médio é de R$ 2.856,04, acrescido de 25% de Gratificação de Socioeducativa e Proteção; e para ensino superior, R$ 4.080,15, acrescido de 25% de Gratificação de Socioeducativa e Proteção.

Iapen

O concurso público do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá oferta 110 vagas imediatas de ensino médio para os cargos de educador social masculino; educador social feminino; agente penitenciário masculino e agente penitenciário feminino. Em fevereiro deste ano saiu o resultado da prova objetiva, mas os aprovados nesta fase ainda terão que superar as próximas etapas: Teste de Aptidão Física (TAF), exames documentais e de saúde, avaliação psicológica, investigação social e curso de formação. O salário é de R$ 3.318,64.

Grupo Gestão

O concurso para o Grupo Gestão Governamental – área administrativa que trabalha em várias secretarias do Estado – foi o maior da história do Amapá com mais de 61,5 mil inscrições em todos os cargos de nível médio e superior.

Em fevereiro, foi divulgado o resultado final da prova objetiva e redação do certame. As demais etapas são os exames documentais e de saúde, que ainda não têm datas definidas.

Para nível superior, foram ofertadas, de imediato, 20 vagas para analista administrativo; 10 para analista jurídico; 20 para analista de finanças e controle; e 15 para analista de orçamento e planejamento. Totalizando 65 vagas com salário de R$ 6.830,76. Já para o ensino médio são 300 vagas imediatas para assistente administrativo, com salário de R$ 3.048,23.

Oficiais de saúde da PM/AP

O governo ofertou 10 vagas imediatas para médicos e enfermeiros. Os candidatos que já foram classificados na prova objetiva passarão ainda por outras fases: exame documental, Teste de Aptidão Física (TAF), exame de saúde, exame psicológico, investigação social e estágio de adaptação ao serviço.

Além de acompanhar a divulgação das próximas fases no site da Sead e no Diário Oficial do Estado, é de responsabilidade do candidato manter seu endereço (inclusive eletrônico) e telefone atualizados, até que se expire o prazo de validade dos concursos.

 

Por: Nathacha Dantas /  Foto: Márcio Pinheiro / Secom

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO