Governo empossa duas novas defensoras públicas para o interior do Amapá

Compartilhe:





O governador do Amapá, Waldez Góes, empossou duas novas defensoras públicas, nesta segunda-feira, 4, em cerimônia no Palácio do Setentrião, em Macapá. Mariana Cardoso e Mariana Albuquerque foram aprovadas no primeiro concurso da história da Defensoria Pública do Estado do Amapá (DEP). Elas vão atuar nas cidades de Oiapoque e Vitória do Jari. Desde março de 2019, é a quarta vez que o Estado empossa defensores públicos. Ao todo, são 50 profissionais preparados para oferecer assistência jurídica gratuita à população dos 16 municípios.

Em seu discurso, o governador frisou que a DEP possui uma função essencial no exercício da justiça, portanto, fortalecê-la é uma das prioridades do governo.

“Estamos montando uma grande instituição para aumentar a garantia de direitos e cidadania à nossa população. É importante lembrar que a Amazônia Legal ocupa a maior área do território brasileiro, mas, parte da nossa população ainda se encontra em estado de vulnerabilidade social. Modificar este quadro é uma luta que deve mobilizar a todos”, registrou Waldez.

Mariana Cardoso discursou representando as novas defensoras. Emocionada, ela lembrou que, entre os 50 novos defensores públicos, as mulheres são maioria ao ocupar 28 vagas. Ela também apontou a necessidade do combate ao racismo e às desigualdades sociais.

“A defensoria é um instrumento de defesa dos direitos garantidos pela Constituição. Ela é a última esperança do cidadão para efetivar o mínimo de condições para sua existência digna, é o seu colete salva-vidas. Fortalecer a defensoria deve ser um interesse coletivo, pois, assim, investe-se no povo”, falou.

 

Por: Andreza Teixeira /  Foto: Márcio Pinheiro

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO