Infantes que serviram no 34º BIS em Macapá celebram jubileu






 O encontro celebra Jubileu de Esmeralda  como reservista do Exército Brasileiro, na turma de 1978 de  Macapá

Eliazar Bezerra
Jornalista 
Reservista 34º BIS - turma 1978

Os reservistas  do Exército  Brasileiro que serviram no 34º Batalhão de Infantaria e Selva, localizado em Macapá (AP), realizam mais uma festa de confraternização. O evento celebra 40 anos de reservista - turma 1978, que acontece no sábado, 01, dezembro , das 10h as 20h, na sede campestre da Maçonaria - localizada na Orla do Araxá, na capital amapaense. 

No evento, infantes e familiares estarão reunidos para celebrar jubileu de esmeralda, amizade consolidada a partir do serviço militar realizado no ano de 1978. Encontro será  regado a feijoada, cervejada, churrasco, homenagens, torneios esportivo, declamação de poesias, brindes. Bem como,  algumas histórias de caserna contadas por reservistas , música ao vivo, entre outras atrações. 

Em dezembro de 1996 aconteceu o primeiro encontro, sendo coordenado pelos reservistasJosé Picanço(conhecido como Alcino) e Bianor Magalhães. Evento que ocorreu na sede campestre da antiga Embratel, hoje conjunto residencial Mucajá - Bairro do Beirol - Macapá(AP), onde o grupo comemorou 18 anos como reservista do Exército Brasileiro. 

Segundo José, “O coleguismo nos pelotões, a união entre os  companheiros de farda foi o que nos orientou e contribui em nossa  formação como cidadãos, com dignidade, respeito, disciplina e amizades. Então, ao dar-mos baixa do serviço militar, eu e alguns companheiros nos reunirmos na casa do reservista Eliazar e nos confraternizarmos. Surgindo a ideia da continuidade do evento, prometi ficar  á frente”.    

“Tempo depois, alguns companheiros  me procuraram cobrando a promessa, e se propondo a ajudar. Foi o início do movimento, envolvi minha família , mais o reservista Bianor que há época era  meu vizinho. O grupo ganhou mais força com adesão de outros irmãos de caserna.  E graças a Deus realizamos a primeira festa, que continua até hoje. Este ano vamos  comemorar jubileu de esmeralda, com bastante abraços, emoções, saudocismos, que mantém vivo nossa amizade” finalizou.  

Samuel Guedes, reservista presidente da Comissão Organizadora  2018, e que participa desde o primeiro encontro, relata: “Eu costumo dizer que  servir nossa pátria, foi  um grande aprendizado, comprendi melhor valores como: Hierarquia, obediência e o respeito mútuo, lições de vida e companheirismo”. E ressalta “As festas de confraternização estão cada vez mais unindo os reservistas e familiares, sendo gratificantes, em que, podemos rever os companheiros de farda, relembrar as experiências vividas juntos no quartel, isso nos dá grandes alegrias”.   

4ª Etapa do Campeonato Amapaense de Jiu-Jitsu reúne alunos e colaboradores do SESI e do SENAI

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO