Dicas e cuidados que os pais devem ter após o retorno das aulas dos filhos

Compartilhe:





Nessa época do ano, é comum que algumas infecções aconteçam com maior frequência

 

Com o retorno às aulas, os pais devem ficar atentos às possíveis infecções transmitidas pelo ar, por conta do número maior de crianças reunidas em um único lugar. Nessa época do ano, as doenças mais comuns são as famosas viroses, gripes e resfriados. Por conta do calor, a proliferação dessas infecções estão em maior evidência.

Muitas vezes, o tratamento pode ser feito em casa, sem a necessidade de uma consulta médica. Mas em alguns casos em que a infecção é tão severa, a visita ao médico se torna indispensável para que o tratamento seja prescrito para a infecção em questão. “É aconselhável manter a caderneta de vacinação em dia, visitar o pediatra com frequência e seguir suas orientações, mantendo uma boa alimentação e hidratação”, sugere a Pediatra Luciana Nunes Silva.

Para Silva, além dos cuidados dos pais com a saúde dos filhos em casa, os educadores têm papel fundamental para o convívio sadio das crianças no grupo escolar. “Evitar compartilhamento excessivo dos brinquedos, higienizá-los diariamente, orientar e estimular que as crianças sempre lavem as mãos antes e após as refeições e utilização do banheiro”, acrescenta.

Uma alimentação equilibrada é fundamental para a melhora da imunidade dos pequenos. Alimentos que são higienizados e armazenados de forma correta evitam a proliferação das bactérias.

Veja dicas de como fortalecer a imunidade do seu filho nesse período:

Hidratação: garantir que as crianças estão ingerindo a quantidade de água necessária para que se mantenham sempre hidratadas. Mesmo que outros líquidos sejam ingeridos no dia, a água é indispensável para um bom funcionamento do organismo das crianças.

Visitar o Pediatra: é muito importante que as crianças sejam avaliadas pelo pediatra periodicamente. Esse especialista é indispensável para assegurar o processo de desenvolvimento e crescimento de uma criança saudável.

Boa alimentação: Uma dieta balanceada é fundamental. Frutas, legumes e verduras devem fazer parte da dieta da criança. Os pais precisam é recomendado levar o lanche de casa.

Vacinação em dia: a caderneta de vacinação deve estar atualizada. As doses que  não foram tomadas devem ser aplicadas o quanto antes. A melhor maneira de proteger os pequenos é atentar-se a caderneta de vacinação e colocá-la em dia.

Dormir bem: uma boa noite de sono ajuda no fortalecimento de sistema imunológico da criança. Na infância, há uma intensa evolução do corpo e da mente. Por conta disso, o sono tem um papel importante no desenvolvimento infantil.

 

Larissa Mesquita – Agência Educa Mais Brasil

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO