Blitz da Folia ‘abre alas’ para brincantes se divertirem com responsabilidade no carnaval

Compartilhe:





Com o intuito de orientar os foliões a brincarem o Carnaval 2019 com saúde, segurança e responsabilidade, órgãos estaduais promoveram uma grande ação de conscientização nesta quinta-feira, 28. Todas as pessoas que tomaram o caminho pela Orla de Macapá, no final da tarde, tiveram parada obrigatória na Blitz da Folia. A ação teve como tema “Abram Alas para a Alegria de Viver” e faz parte das programações do Bloco da Responsa, lançado pelo Governo do Amapá com ações integradas para os foliões.

Os que passaram pela blitz receberam orientações sobre prevenção de acidentes; os riscos de dirigir após consumir bebidas alcoólicas e a importância do uso de preservativo. Carros foram adesivados e sacolas ecológicas foram distribuídas para conscientizar os brincantes a não jogarem lixo no chão. Também foram orientados quanto ao respeito aos direitos das mulheres e sobre a importância do combate à exploração sexual de crianças e adolescentes e como denunciar.

 

Servidores do Museu Sacaca aproveitaram a Blitz da Folia para convidar a população para a programação carnavalesca que irá ocorrer nos dias 2 e 3 de março, voltada para o público infantil. Para chamar a atenção de quem passava no local, um grupo tocava tambores com ritmos de carnaval. Intitulado “Sacaca na Folia”, o evento pretende resgatar os tradicionais bailes carnavalescos infantis, com direito a pinturas e maquiagens carnavalescas, oficinas de tranças, de samba e percussão.

A dentista Suelen Cardoso, 25 anos, foi abordada enquanto caminhava com a amiga pela orla. Ela entendeu a mensagem repassada pelos servidores públicos e definiu o que significa um carnaval com responsabilidade: “Se beber não dirigir; chamar um carro particular para fazer esse transporte de um lugar para o outro e, nas relações sexuais usar sempre camisinha, principalmente, no carnaval onde acontecem as relações eventuais”.

O diretor do Departamento Estadual de Trânsito do Amapá (Detran/AP), Inácio Maciel, explicou que o trabalho educativo é essencial e que as ações repressivas também são necessárias. “De uma forma divertida estamos conscientizando os foliões quanto a importância de não dirigir embriagado, usar camisinha e preservar nossas crianças combatendo o abuso e a exploração sexual de menores. Nosso objetivo é a preservação da vida”, frisou.

 

As equipes da Polícia Militar e da Operação Lei Seca estarão todos os dias nas ruas atuando com repressão e também com ação educativa, durante o período de carnaval.

Além da Polícia Militar, Detran/AP e Museu Sacaca os órgãos que participaram da Blitz da Folia foram a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS), Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (Sims) e Secretaria Extraordinária de Políticas para as Mulheres (SEPM).

Paralelo à Blitz da Folia, outras programações do Bloco da Responsa estavam ‘na rua’ levando entretenimento para os idosos. Teve o Quinta Feliz na Folia, projeto que substituiu as atividades esportivas que costumam ocorrer às quintas-feiras, por um bloco de foliões da terceira idade com direito à escolha da melhor fantasia, do rei e rainha do carnaval. O projeto é coordenado pela Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel) e este ano ganhou a parceria da Universidade do Estado do Amapá (Uepa) e da Federação Paradesportiva do Amapá (FPA).

Os idosos do Abrigo São José também entraram no clima carnavalesco. A Secretaria da Inclusão e Mobilização Social preparou um baile de muita descontração para os 60 idosos que moram no abrigo.

Por: Nathacha Dantas/ Foto: Netto Lacerda/Sejusp

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO