Recadastramento da meia-passagem é prorrogado até 5 de abril

Compartilhe:





O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap) anunciou no início da tarde desta quarta-feira, 27, que vai prorrogar até 5 de abril o prazo de cadastramento e recadastramento da meia-passagem. A decisão foi tomada após o último levantamento do número de estudantes atendidos: cerca de 37 mil de um total de 50 mil beneficiários que estão sendo aguardados.

No período de 1 a 5 de abril o atendimento vai se concentrar somente na sede do Setap (avenida Padre Júlio entre Tiradentes e General Rondon). Até sexta-feira, 29, três postos estarão funcionando: na própria sede do sindicato (somente para recadastramento) e no Amapá Garden (das 10h às 17h) e Terminal Rodoviário de Santana (das 8h às 16h), para novos cadastros.

Outra medida tomada é de reabrir o cadastro de novos beneficiários em 15 de abril, mantendo o atendimento até o final do ano. Quanto a quem perder o prazo de recadastramento, só terá outra oportunidade na primeira quinzena de agosto, quando o Setap se prepara para atender quem inicia os estudos no segundo semestre do ano.

De acordo com o diretor de comunicação social, Renivaldo Costa, embora tenha havido ampla divulgação, muitos estudantes deixam pra última hora. “Muitos estudantes tem voltado para casa sem realizar o processo em função da ausência ou inconsistência de alguns documentos, principalmente o comprovante de matrícula ou declaração escolar”, explica.

Esse documento comprova a situação do estudante matriculado na educação regular. Ele precisa estar assinado pelo diretor ou secretário escolar e atual (do exercício 2019) e autêntico (não é aceito cópia).

Outra reclamação dos estudantes é que algumas escolas públicas ainda não iniciaram o ano letivo e não estão liberando as declarações de matrícula. O Setap tem buscado manter contato com os diretores de escolas para que agilizem a emissão desse documento.

Os documentos necessários tanto para cadastro quanto recadastro são: declaração escolar ou comprovante de matrícula assinada pelo diretor da unidade (original), RG ou Certidão de Nascimento (cópia) e comprovante de residência (cópia).  As certidões de matrículas eletrônicas, como as que são expedidas pela Unifap, só terão validade após a autenticação no site da instituição.

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO