Estado conclui delimitação de sítios arqueológicos na Rodovia Norte-Sul

Compartilhe:





O Governo do Estado do Amapá concluiu o processo de delimitação e prospecção de três sítios arqueológicos localizados às margens do trecho onde deve ser concluída a Rodovia Norte/Sul próximo à Rodovia Duca Serra (AP-020), no bairro Alvorada, zona oeste de Macapá. A medida cumpre uma exigência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como parte do licenciamento ambiental para liberar a conclusão da rodovia que interligará a zona oeste com a zona norte de Macapá.

A Secretaria de Estado de Transporte (Setrap) já readequou o projeto executivo da obra e aguarda a liberação de recursos para iniciar o processo de licitação e concluir o que falta. São necessários R$ 36 milhões por parte do Estado para pavimentação (de 8 cm de espessura); construção de um viaduto na Rodovia Duca Serra, ciclovias, passeio público e pista de cooper. Outros R$ 8,4 milhões devem ser investidos pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para a construção de um viaduto na BR-210.

A Rodovia Norte-Sul possui cerca de sete quilômetros de extensão do trecho que compreende a Duca Serra, na zona oeste, até a BR-210, na zona norte.

Sítios arqueológicos

O trabalho de resgate de sítios arqueológicos às margens da Norte/Sul vem sendo realizado desde 2011, pela Secretaria de Estado de Transporte (Setrap) em parceria com Instituto de Pesquisa Científicas e tecnológicas do Amapá (Iepa).

Durante o trabalho, foram encontrados alguns fragmentos de cerâmicas na superfície. Como medida de preservação da área foram implantadas cercas de proteção e sinalização para a identificação do local como Patrimônio Nacional.

Agora serão feitas campanhas de educação patrimonial nas áreas urbanas afetadas direta e indiretamente pelo empreendimento, além da delimitação e resgate do sítio arqueológico do bairro Ilha Mirim, na zona norte de Macapá.

Por: Gabriel Dias /  Foto: Divulgação/Setrap

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO