Procon interdita posto de combustível fluvial no Igarapé da Fortaleza

Compartilhe:





O Instituto de Defesa do Consumidor do Amapá-Procon/AP interditou nesta terça-feira, 15, um posto de combustível fluvial que atuava no Igarapé da Fortaleza, no limite entre Macapá e Santana, por estar funcionando fora das normas exigidas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).

O Procon foi informado, através de denúncias, que o posto estava funcionando em um local irregular podendo causar algum acidente naquela região, onde dezenas de embarcações atracam todos os dias. Os fiscais confirmaram que o posto foi instalado em uma área diferente da que foi autorizado.

Além disso, técnicos do Corpo de Bombeiros detectaram irregularidades no sistema de segurança e as notas fiscais também foram analisadas. Diante da situação, o órgão de defesa do consumidor interditou os bicos e as bombas, até que o proprietário regularize a situação.

Também participaram da fiscalização a Delegacia do Consumidor (Decon) Promotoria do Consumidor (Prodecon), Capitania dos Portos e Receita Estadual.

 

Por: Lourenna Carvalho /  Foto: Ascom/Procon

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO