Empresa vai investir mais de R$ 2 milhões no Terminal Rodoviário de Macapá






A Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico Ltda. (SINART) foi a vencedora da licitação realizada pelo governo do Estado para administrar o Terminal Rodoviário de Macapá. A empresa, que vai administrar o espaço por 25 anos, anunciou investimentos de R$ 2 milhões na reforma do terminal.

A abertura da única proposta apresentada para a para concessão do Terminal aconteceu nesta segunda-feira, 9, na sala de reuniões Comissão Permanente de Licitação (CPL), da Secretaria de Estado de Transporte (Setrap).

O edital de licitação chegou a consultado por 13 empresas, a maioria de fora do Estado, mas apenas a SINART apresentou proposta através de seu representante para acompanhar a sessão pública para recebimento de documentação e propostas.

A partir desta segunda-feira, começa a contar o prazo de cinco dias para recurso. A expectativa do governo é que a assinatura do contrato ocorra em, no máximo, 20 dias. De acordo com o diretor de Transportes da Setrap, Andrey Rego, a privatização de terminais de ônibus já é uma realidade em vários Estados brasileiros. Ele explicou que a licitação seguiu as referências de processos realizados em outros lugares do país. “Foi um processo que já vinha sendo discutido há muito tempo e, hoje, concluímos com esta empresa vencedora que já atua há bastante tempo no mercado e administra vários terminais pelo país”, destacou Rego.

O diretor ressaltou que, em breve, será possível notar a organização e restruturação do Terminal Rodoviário de Macapá. “A expectativa é que em dois anos, a população possa começar a sentir as mudanças, o que vai significar um ganho muito grande pra sociedade e principalmente para o Estado, que vai passar a receber pela concessão”, adiantou Andrey Rego.

A concessão deve iniciar nos próximos meses. O governo passa a receber pelo serviço após o quinto ano de vigência. Encerrado o prazo de 25 anos, a empresa devolve o espaço para o estado.

O presidente da SINART, Eduardo Pedreira, revelou que serão investidos mais de R$ 2 milhões na infraestrutura e modernização do terminal, garantindo aos usuários do transporte coletivo intermunicipal, um ambiente com mais comodidade e conforto. “Com a modernização, o terminal será todo informatizado, o espaço ganhará som ambiente, entre outras melhorias. Nosso objetivo é fazer com que ele se torne um modelo, trazendo para cá a padronização adotada nos demais terminais rodoviários administrados por nós”, frisou Pereira.

Sobre a empresa

A Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico Ltda. (SINART) tem sede administrativa em Salvador (BA) e administra 47 terminais rodoviários em dez Estados, destes, 9 em capitais.

Há 15 anos é responsável pela administração de terminais rodoviários no Pará, com destaque para o terminal rodoviário de Belém e outros 17 municípios como Marabá, Castanhal, Parauapebas e Santarém.

Na região Nordeste, administra terminais rodoviários na Bahia, Alagoas e Piauí. Atua, também, na região Centro-oeste, em Goiás e Mato Grosso. Em São Paulo, é responsável pela administração do terminal rodoviário de São Bernardo do Campo.

Por: Ailton Leite /  Foto: Maksuel Martins / Secom

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO