Mostra Cultural do SESI Amapá conta a história da literatura de Cordel por meio de coreografias e músicas






Com a participação de 120 alunos de balé e 15 alunos do grupo de percussão da Escola do Serviço Social da Indústria (SESI) Amapá, aconteceu sábado, 1º de dezembro, a Mostra Cultural. O evento apresentou para pais, professores e convidados, por meio de coreografias e músicas instrumentais, a manifestação da cultura popular introduzida no Brasil no fim do século XVIII, a literatura de Cordel.

A tradicional apresentação encerra o calendário da área de Promoção da Saúde e divulga o trabalho realizado durante o ano letivo. “O objetivo da Mostra é fortalecer a cultura, valorizar a diversidade de talentos dos nossos estudantes e proporcionar à sociedade um espetáculo que inclui variadas formas de expressão. Como profissional do SESI me sinto muito orgulhosa por participar de um evento tão importante como esse”, pontuou a professora de balé, Paula Lopes.

Shirlene Lima é mãe de Thayná, 13 anos, e Thaís, 10 anos. As meninas estudam há 10 anos no SESI e há quatro fazem balé na instituição. “Além delas gostarem de dançar, o balé melhora a postura e contribui para a disciplina no cotidiano. A cada apresentação percebo o quanto elas cresceram e se aprimoraram”, destacou Shirlene.

A gerente executiva do SESI, Darlene Fuck, destaca que o tema foi escolhido para que todos pudessem conhecer mais sobre nossa literatura, por meio da arte. “Nosso intuito é levar para a sociedade o melhor da cultura e o espetáculo superou as expectativas. A edição 2018 foi um sucesso total”, ressaltou.

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO