Mariene de Castro embala segunda noite do 22º Réveillon da Beira Rio e 2ª Virada Afro






Pela primeira vez em Macapá, a cantora baiana Mariene de Castro, embalou a noite de sábado, 30, com muito samba de roda no 22º Réveillon da Beira Rio e 2ª Virada Afro Cultural.

Momentos antes de subir ao palco, ela agradeceu o carinho do público amapaense pela receptividade. E falou sobre a iniciativa de valorização da cultura e diversidade religiosa. "É um momento no qual a população se vê, se reconhece e levanta a autoestima do povo", destacou.

Já no palco, Mariene de Castro, apresentou um repertório de músicas que fazem parte de seus cinco CDs. Canções como "Me leva paz de Deus, me leva", "Ilha de Maré", "Oxóssi" e "Sonho meu", fizeram os fãs caírem no samba.

A universitária Lívia Souza, que prestigiou o show, conheceu o lado cantora de Mariene de Castro no ano passado, quando a baiana atuou como atriz na novela Velho Chico, da Rede Globo. "Me apaixonei pelo estilo dela", confessou.

Perfil

Natural de Salvador (BA), Mariene de Castro é atriz, modelo, instrumentista, bailarina, cantora e compositora brasileira. Tem cinco CDs gravados e sua obra busca destacar o maracatu e samba de roda. 

Começou a carreira profissional como vocal de apoio para a Timbalada, Carlinhos Brown e Márcia Freire. Seu primeiro show solo aconteceu em dezembro 1996 no projeto Pelourinho dia e noite.

Abre Caminho, seu primeiro CD foi lançado em 2005. O último trabalho foi lançado em 2014, com o título, Colheita. Mariene de Castro teve destaque como atriz no papel de Dalva na novela Velho Chico, da TV Globo.

Por: Ailton Leite / Foto: Maksuel Martins

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO