Macapá recebe 7ª edição do Festival Música na Estrada






Abrindo a programação artística da 7ª edição do Festival Música na Estrada em Macapá, o Trio Choro de Fita, de Belém, se apresentará no AMAPÁ GARDEN SHOPPING no sábado, 14 de abril às 20h. Com Jade Guilhon no bandolim, Camila Alves no violão sete cordas e Juliana Silva no pandeiro, o Trio Choro de Fita, criado em 2017, nasceu da união de três musicistas que já caminhavam juntas há dez anos: foram todas integrantes do grupo O Charme do Choro, onde ainda muito jovens solidificaram suas carreiras nesse universo singular.

Já no domingo, 15 de abril às 17h, será a vez da Camerata Sinfônica da UFPA ocupar o palco do AMAPÁ GARDEN SHOPPING com uma apresentação dedicada aos grandes clássicos. A orquestra é formada pelos principais musicistas da Orquestra Sinfônica da UFPA “Altino Pimenta”. A apresentação terá a regência da maestrina paraense Cibelle J. Donza, também da UFPA em Belém. Toda a programação artística do festival é gratuita.

Em paralelo às atividades artísticas, em parceria com o Centro de Educação Profissional de Música – CEPWL serão realizadas na cidade também uma série de oficinas musicais no período de 11 a 13 de abril: Oficina de Piano, com a pianista e Profa Adriana Azulay, da Escola de Música da Universidade Federal do Pará e Direção Geral do Instituto de Ciências da Arte – ICA, da Universidade Federal do Pará; Oficina de Violão com Camila Alves, Profa. do Conservatório Carlos Gomes de Belém e integrante do Trio Choro de Fita; Oficina de Violino com Profª. Jade Guilhon, da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz e também integrante do Trio Choro de Fita, de Belém.

As oficinas serão realizadas no Centro de Educação Profissional de Música – CEPWL e as inscrições devem ser feitas no site www.musicanaestrada.art.br/inscricoes.

Sobre o Festival

O projeto tem como objetivo conectar o público com artistas de diversas regiões do país por meio das artes. Os números do evento são expressivos: em 2016 foram 17 mil quilômetros percorridos em seis estados da Amazônia brasileira, com 30 apresentações, 400 pessoas entre artistas, produtores, técnicos e prestadores de serviços, 43 professores de música e dança, 500 alunos e mais de 15 mil pessoas prestigiaram as apresentações do festival.

“Para esse ano estamos esperando um aumento de 20% no público a ser contemplado. Afinal, é para isso que realizamos o Festival todos os anos, com o intuito de envolver, encantar e sensibilizar cada vez mais pessoas e só a arte é capaz de promover essa mobilização”, afirma Fernando Ramos, fundador da Kommitment, ao lado de Márcia Ximenez.

Com realização do Governo Federal por meio do Ministério da Cultura através da Lei Rouanet e da Kommitment Produções Artísticas, o festival é apresentado pela Caixa Seguradora com o patrocínio máster do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES e patrocínio da Instituição de Ensino Superior Estácio.

Sobre a Kommitment

Dança, música, teatro, balé e conteúdos educacionais compõem o leque de projetos da agência cultural Kommitment Produções Artísticas, de Fernando Ramos e Marcia Ximenez, fundada em 2011. Com estes projetos a produtora atende as estratégias de posicionamento de importantes marcas do mercado nacional reforçando a visão de que incentivar a cultura é uma forma de contribuir para o enriquecimento educacional de uma sociedade.

Para mais informações sobre o festival acesse:

www.musicanaestrada.art.br

www.facebook.com/projetosmusicanaestrada

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO