Alunos da EJA prestigiam abertura de exposição artística na zona norte de Macapá






Estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Vera Lúcia Pinon Nery visitaram na noite de segunda-feira, 7, a exposição Macapá 260 anos (Reminiscência), que teve estreia no teatro do CEU das Artes, no bairro Infraero II. A exposição, que retrata a beleza de Macapá, proporcionou aos alunos, além do contato com as obras, a oportunidade de conversar com o artista Ralfe Braga, autor das pinturas.

São 23 obras que ficarão expostas até 11 de maio, nos turnos da manhã, tarde e noite. Segundo o artista, que é amapaense, mas mora em Brasília (DF), não existe inspiração maior que Macapá. É a primeira vez que seus quadros são expostos no estado. Ele comentou um pouco sobre a satisfação de ver alunos da rede municipal, se emocionando e sendo tocados por sua arte. “Vê-los sentindo e compreendendo as telas é a arte cumprindo o seu dever principal, não apenas sua função social, mas também a emocional”, destacou o pintor.

Para a aluna Silvane Gomes, 25 anos, essa foi a primeira oportunidade de presenciar uma exposição artística. “É cultura na porta da nossa casa. Vivemos em um bairro periférico e temos a oportunidade de estar aqui presenciando obras incríveis e tendo contato direto com o artista por trás delas. Foi muito bom também me identificar com obras que me trouxeram lembranças da minha infância”, explicou.

Esta é a primeira vez que Ralfe Braga expõe seus trabalhos em Macapá e em uma área de periferia. Os alunos da Escola Vera Lúcia Pinon Nery foram os primeiros a presenciar o momento, mas a Secretaria Municipal de Educação (Semed) prevê que outras turmas tenham a oportunidade de prestigiar o evento no decorrer da semana.

Rafaela Bittencourt

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO