FAF anuncia curso intensivo para formação de árbitros no Bailique 

Compartilhe:





A Federação Amapaense de Futebol (FAF) abriu inscrições para o curso de formação de árbitros no distrito do Bailique, realizado pela Escola Estadual de Arbitragem do Amapá (EEAA). O anúncio foi feito na sexta-feira, 22, após parceria fechada com Raul Bruno, representante de um grupo de desportistas da comunidade.

É a primeira vez que a capacitação sai dos limites da capital e chega ao interior como resposta de uma solicitação dos próprios moradores da localidade, que assumiram a responsabilidade de mobilizar interessados.

O curso será ministrado nos dias 06, 07 e 08 de dezembro, com duração de 30 horas e certificado emitido pela EEAA, com credencial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e professores com capacitação FIFA. A equipe toda será disponibilizada pela FAF. 

Por se tratar de um curso intensivo, os participantes saem com liberação apara trabalhar em jogos locais com respaldo da Federação Amapaense de Futebol.

Para que o profissional possa atuar em jogos nacionais e concorrer à uma vaga entre os árbitros do cadastro da CBF no Amapá, os desportistas precisam do curso completo de arbitragem, ministrado anualmente pela EEAA, com duração de 240 horas. Como o deslocamento para esse curso não é fácil para os moradores dos interiores como o Bailique, o intensivo foi a alternativa encontrada para a capacitação.

Marilene Matta, presidente da Escola Estadual de Arbitragem, explica que a modalidade intensiva ajuda a capacitar os profissionais que já atuam nas competições de suas localidades e garante qualidade no trabalho desenvolvido. “Os árbitros que serão formados nesse curso são treinados para desenvolver um trabalho com selo de qualidade da CBF, aprenderão sobre o preenchimento de súmulas e terão aulas de preparação física e técnica em sala de aula. É um importante passo para o acesso do conhecimento das regras”, concluiu.

Estrutura

As aulas do curso intensivo acontecerão na Escola Bosque da Vila Progresso e serão divididas em: pilar técnico, pilar físico e estudo de preenchimento de súmula.

A FAF disponibilizará Marilene Matta, Orlando Magno e Samuel Santos para condução da turma no Bailique, todos são instrutores oficiais do curso de arbitragem que acontece de maneira regular em Macapá.

Netto Góes, presidente da FAF, fala sobre a importância dessa parceria com a comunidade. “É a primeira vez que a Federação leva um curso tão importante para uma comunidade fora da capital. E o mais importante, respondendo a um pedido dos próprios desportistas locais, que nos procuraram para se capacitar. A busca pelo melhor futebol possível encontrará sempre resposta em nossa entidade”, disse.

Informações para inscrições podem ser feitas pelo telefone 98406-8265 e 99108-2679 com Joaquim e Raul Bruno, responsáveis da mobilização na comunidade. 

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO