Foragido do Cesein envolvido na decapitação de adolescente no AP morre em tiroteio com a PM

Compartilhe:





José Ederlan Silva, de 18 anos, foragido do Núcleo de Medida Socioeducativa de Internação Masculina (Cesein), morreu após troca de tiros com a Polícia Militar (PM) na noite de domingo (13) no bairro Nova União, em Santana, a 17 quilômetros de Macapá.

O criminoso estava escondido numa casa quando equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) cercaram a residência após receberem informações de que ele estava lá.

A PM relatou que os policiais foram recebidos a tiros e tiveram que revidar, atingindo José Ederlan, que morreu no local. Nenhum militar foi baleado na ocorrência.

O jovem foi apreendido em junho, na época menor de idade, com mais três pessoas, por ter se envolvido na tortura, homicídio e decapitação de Eduardo da Silva dos Santos, de 17 anos, ocorrido num ramal rural do município de Mazagão.

 

Crime

Eduardo foi assassinado na noite de 1º de junho. O corpo teve a cabeça arrancada com golpes de terçado e foi localizado pela PM numa área de mata. Quatro jovens, com idades entre 17 e 24 anos, entre eles José Ederlan, foram detidos suspeitos de serem autores do crime.

A tortura e decapitação foram ordenadas de dentro de presídio, segundo a versão dada à Polícia Civil por um dos detidos.

A ação foi filmada pelo grupo e compartilhada por eles nas redes sociais. A polícia reforçou que o crime tem envolvimento com organizações criminosas instaladas no estado.

 

Fonte: https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2019/10/14/foragido-do-cesein-envolvido-na-decapitacao-de-adolescente-no-ap-morre-em-tiroteio-com-a-pm.ghtml /  Foto: Divulgação/GEA

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA Notcia