Governo do Amapá promove mais de 100 policiais militares

Compartilhe:





O governador do Amapá, Waldez Góes, concedeu nesta terça-feira, 21, o benefício de promoção a 107 policiais militares, entre oficiais e praças. O reconhecimento atende a critérios de tempo de serviço e de merecimento. Desde 2018, o Estado já promoveu mais de mil policiais militares; o ato é um incentivo para os profissionais da segurança pública. A cerimônia acontece no Quartel de Comando Geral da Polícia Militar (PM/AP), na zona sul de Macapá.

Entre os profissionais reconhecidos, está a capitã Sônia Regina. Ela ingressou na Polícia Militar em 2011 e considera o momento como um marco em sua carreira.

Emocionada, ela falou sobre os sentimentos proporcionados pela ascensão:

"A promoção mostra um reconhecimento ao nosso trabalho e nos incentiva a atuar de forma cada vez melhor. Também traz mais responsabilidade para o dia a dia", disse a policial.

 

Em seu discurso, Waldez ressaltou que, mesmo em um período de crise econômica nacional, é importante reconhecer o papel de quem trabalha para garantir segurança.

"Estamos reconhecendo todo o esforço que esses profissionais vêm dedicando ao povo do Amapá", ponderou Góes.

O governador lembrou que, ao lado dos investimentos em pessoal, o Estado também está garantindo mais infraestrutura para assegurar melhores condições ao trabalhador, a exemplo das obras de segurança pública que estão em andamento. O chefe do Executivo estadual pontuou que a união entre os agentes políticos, como o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, é decisiva para garantir esses avanços.

Waldez frisou que todo esse investimento retorna para a sociedade em forma de serviços aprimorados:

"Em 2019, tivemos redução nas mortes violentas e mais apreensão de drogas e armas irregulares, também recuperou-se mais bens que em 2018. Isso é uma demonstração clara da atuação correta dos órgãos de segurança pública, sobretudo da Polícia Militar", disse o gestor do Amapá.

 

Mais efetivo

O comandante da PM/AP, coronel Paulo Matias, acrescentou que, em fevereiro, acontecerá a formatura da segunda turma de aprovados no concurso realizado pela instituição em 2017.

"Serão 289 novos soldados para reforçar o efetivo da capital e do interior de nosso Estado", anunciou o coronel.

 

Por: Andreza Teixeira /  Foto: Márcio Pinheiro

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA Notícia