Estudantes pregam cultura da paz em desfile na Zona Norte






A população da Zona Norte de Macapá foi prestigiar na tarde deste sábado, 9, na Rodovia do Curiaú, o Desfile Cívico Estudantil das escolas estaduais da região. Foram 479 alunos de 16 escolas envolvidos na programação, que recebe este ano o tema principal: "A Educação Promovendo a Cultura da Paz." Além dos estudantes, 70 professores e 30 servidores da Secretaria de Estado da Educação (Seed) também participaram do evento.

Antes das apresentações das escolas, o público viu o desfile do 34ª Batalhão de Infantaria e Selva, 2º Batalhão de Polícia Militar do Amapá e 2º Grupamento Bombeiro Militar, com seus respectivos projetos sociais. O que chamou muita atenção, principalmente das crianças que estavam na arquibancada, foi a apresentação do helicóptero do Grupo Tático Aéreo (GTA) e as manobras de motocicleta da Companhia de Giro do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar.

O desfile das escolas estaduais foi divido em seis pelotões. No primeiro pelotão, alunos da Esther da Silva Virgolino, Rivanda Nazaré da Silva Guimarães e Maria do Carmo Viana dos Anjos conduziram as bandeiras oficiais do Amapá, do Brasil e de Macapá. No segundo, os estudantes carregaram com honra as bandeiras de suas escolas. A atração ficou marcada também pela apresentação da Banda Marcial da Escola Esther Virgolino, que inovou o repertório tocando e dançando Michael Jackson, A-Ha, Beyoncé e Eurythmics.

O terceiro pelotão abordou o tema: "Diga Não a Qualquer Tipo de Violência". As escolas Risalva Freitas do Amaral, Maria Neusa do Carmo, Prof.ª Ruth de Almeida Bezerra e São Lázaro abordaram tópicos sobre tolerância, paz, respeito mútuo e harmonia social. A intenção é frisar que cada cidadão tem um papel importante no processo de pacificação da sociedade. A necessidade de mudanças internas para poder transformar e construir uma nova realidade.

 O quarto pelotão foi puxado pela Banda Marcial da Escola Antônio Ferreira Lima Neto. O maestro Jordan Esly da Silva, de 23 anos, trouxe sua filha Laura Isadora, de 5 meses, no colo para participar deste momento cívico. É a primeira vez que ele conduz algo tão patriótico. "É muita alegria e emoção", resume. O pelotão - composto pelas escolas Serafini Costaperária, Prof.ª Maria Meriam Fernandes, Maria do Carmo Viana dos Anjos, Rivanda Nazaré da Silva Guimarães, José Bonifácio e Prof. Darcy Ribeiro - abordou o tema: "Educando para a construção de um mundo de paz".

O quinto pelotão conduziu o tema: "Não existe um caminho para a paz – A paz é o caminho – Mahatma Gandhi". As escolas Brasil Novo, Maria Mãe de Deus, Prof.ª Oneide Pinto Lima e Nossa Senhora de Nazaré destacaram sobre a necessidade da tolerância religiosa, o respeito no trânsito, e o combate a homofobia e corrupção. Por último, o sexto pelotão foi marchado pelos servidores da Seed. Com entusiasmo, os funcionários carregaram a faixa "Seja a mudança que você quer ver no mundo". A programação foi encerrada com a mensagem de que a cultura da paz é um sonho possível de se realizar, basta que cada cidadão o queira.

Por: Caroline Mesquita / Foto: Erich Macias

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO