TJAP participa de videoconferência do CNJ sobre Estratégia Nacional do Poder Judiciário 2021-2026

Compartilhe:





O juiz auxiliar da Presidência do TJAP, Paulo Madeira; o Diretor da Assessoria de Planejamento do TJAP, João Trajano; e o servidor da Asplan, Job Morais, representaram o Tribunal de Justiça do da videoconferência promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre a Estratégia Nacional do Poder Judiciário 2021-2026, instituída pela Resolução 325/2020-CNJ, de 29 de junho de 2020. A reunião virtual, realizada por meio da plataforma Cisco Webex, Amapá, ocorreu no último dia 16 de julho (quinta-feira).

Segundo Job Morais, a reunião tratou basicamente da apresentação da Resolução 325/2020-CNJ, abordando especialmente os macrodesafios do Poder Judiciário, a formulação de seus indicadores de desempenho e de como se dará a elaboração do glossário. “É por meio do glossário que o CNJ acompanhará a perseguição e realização das metas, mas também durante as reuniões participativas, que agregarão tribunais em todos os níveis, mas principalmente estaduais”, explicou.

Outro ponto fundamental da videoconferência foi o estabelecimento de um cronograma de realização, pois “ele nos auxiliará na construção, com apoio do CNJ, dessa estratégia em âmbito estadual, sem perder a harmonia com a nacional”. Job Morais acrescenta que este cronograma se inicia de fato em 1º de Janeiro de 2021, “quando começa o prazo, que vai até junho do mesmo ano, para elaborarmos esse planejamento e remetê-lo ao CNJ, desdobrando a estratégia e macrodesafios dentro da nossa realidade”.

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA Notcia