Prouni 2020.2: resultados foram liberados

Compartilhe:





Comprovação de informações pelos pré-selecionados será de 21 a 28 de julho

 

Candidatos que se inscreveram no Programa Universidade para Todos (Prouni) poderão conferir o resultado a partir de hoje (21). O processo seletivo do 2º semestre teve início na terça-feira (14) e foi encerrado na última sexta-feira. Os resultados poderão ser acessados no site do programa. Nesta edição, foram ofertadas 167.780 bolsas, sendo 60.551 integrais e 107.229 parciais, em 1.061 instituições privadas de educação superior do país.

Os pré-selecionados na primeira chamada do Prouni devem ficar atentos aos prazos para não perder a bolsa de estudo. Será preciso fazer a comprovação das informações prestadas no momento da inscrição junto à instituição de ensino, entregando as documentações exigidas no edital do programa. A mesma deverá conferir a veracidade dessas informações para liberar a bolsa.

O Prouni não possui chamada única, com isso, quem não for selecionado nesta primeira chamada ainda tem chances de conseguir o auxílio estudantil do governo federal na segunda chamada e, até mesmo, na lista de espera, que é formada pelas vagas remanescentes das chamadas anteriores.


Cronograma Prouni do segundo semestre
Período de inscrições: 14 a 17 de julho
Resultado da 1ª chamada: 21 de julho
Comprovação de informações da 1ª chamada: 21 a 28 de julho
Resultado da 2ª chamada: 04 de agosto
Comprovação de informações da 2ª chamada: 04 a 11 de agosto
Prazo para participar da lista de espera: 18 a 20 de agosto
Divulgação da lista de espera: 24 de agosto
Comprovação de informações da lista de espera: 24 a 28 de agosto

 

Não fui selecionado, e agora?

Quem não for selecionado na primeira chamada do Prouni 2020.2 pode aguardar o resultado da segunda chamada e até mesmo da lista de espera. Se ainda assim não for selecionado, ainda será possível começar uma graduação com bolsa de estudo neste ano com o Educa Mais Brasil. Os descontos podem chegar a até 70% no valor das mensalidades do curso. Não é preciso ter feito o Enem e nem comprovar renda. Para ter acesso ao benefício, basta acessar o site do programa, pesquisar as bolsas disponíveis e fazer a inscrição de forma gratuita.


*Com informações do MEC

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA Notícia