Amapá obtém cessão de terreno para Centro de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia

Compartilhe:





O Governo do Amapá e a Secretaria de Patrimônio da União (SPU) assinaram nesta quarta-feira, 12, o termo de cessão do terreno onde será construído o Centro de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon), na Rodovia Norte-Sul, em Macapá.

O centro será referência para atendimento de pessoas acometidas pelo câncer, oferecendo serviços como tratamento, quimioterapia, pronto atendimento, internações, cirurgias, entre outros. A perspectiva é de que o local tenha mais de 80 leitos.

VEJA TAMBÉM: Amapá garante terreno para construção de Unidade de Radioterapia

A nova estrutura de saúde fará parte do complexo oncológico, que também inclui a Unidade de Prevenção do Hospital de Amor, inaugurada em 2018, e a Unidade de Radioterapia, que também será construída em uma área liberada pela União em fevereiro de 2020.

O governador do Amapá, Waldez Góes, destacou que esse será mais um projeto que poderá ser executado através do apoio da SPU, que cedeu os terrenos necessários para a construção das duas unidades que deverão suprir a demanda do tratamento oncológico no estado.

“A SPU já havia nos garantido a cessão do terreno para a construção de uma Unidade de Radioterapia e, agora , também garantiu o espaço para a construção da Cacon. Os dois prédios ficarão ao lado do Hospital de Amor, administrado por Barretos. Assim, nós teremos três empreendimentos interligados para reforçar o atendimento oncológico no Amapá”, ressaltou Góes.

A superintendente do Patrimônio da União, Liely Andrade, reafirmou o compromisso do órgão em apoiar as ações de governo que sejam direcionadas ao benefício da população, em especial aos pacientes acometidos com câncer no Amapá.

“Seguiremos trabalhando nessas parcerias para que elas gerem benefícios à população amapaense. Ao lado do governo amapaense, temos projetos nas áreas de habitação, infraestrutura e saúde, setor que será reforçado com esse complexo oncológico”, afirmou a superintendente.

O projeto do Centro de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon) está em fase final de elaboração e é desenvolvido por técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (Sesa).

Para o financiamento da obra, o Governo do Amapá contará com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), além disso, o Estado busca apoio da Bancada Federal.

 

Por: Gabriel Dias /  Foto: Marcelo Loureiro / Secom

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA Notcia