População de Santana deve procurar atendimento de urgência e emergência no Centro de Reabilitação

Compartilhe:





Os moradores do município de Santana que necessitarem de atendimento de urgência e emergência em saúde devem procurar atendimento no Centro de Reabilitação. O espaço foi cedido pela prefeitura para o Governo do Amapá, após o Hospital Estadual ser isolado para perícia, nesta quinta-feira, 27.

Caso os pacientes necessitem de atendimento mais específico ou internação, serão encaminhados para unidades de Saúde de Macapá ou para uma ala do Centro Covid de Santana que foi desinfectada e isolada das demais alas do espaço para funcionar o Centro de Apoio ao Hospital de Santana. A medida emergencial adotada pelo Estado é para manter a prestação e serviços de saúde para a população santanense.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Juan Mendes, não há riscos de infecção do novo coronavírus, pois os espaços são isolados.

“Essa ala foi higienizada e adaptada para internação de pacientes, caso seja necessário. Não há risco de infecção, pois utilizamos uma tecnologia de filtro que impede a transmissão do vírus para o ambiente”, explicou o gestor.

Os 65 pacientes que estavam internados no Hospital foram remanejados para unidades de saúde em Macapá, como a maternidade Mãe Luzia, e 1 criança foi encaminhada para o Pronto Atendimento Infantil. A medida foi necessária por conta de um princípio de incêndio que ocorreu em uma das áreas da unidade.

Por segurança, o hospital ficará fechado enquanto as perícias são realizadas.

O Centro Especializado em Reabilitação Mário Dias Tavares, em Santana, localizado na rua Pedro Salvador Diniz.

 

Por: Anne Santos /  Foto: José Baía

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA Notcia