EM SANTANA, POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM QUE TEVE RELAÇÕES SEXUAIS COM ADOLESCENTE AUTISTA

Compartilhe:





Na última sexta-feira, 23, a Polícia Civil do Amapá, por meio da equipe plantonista da 1ª Delegacia de Polícia de Santana (1ª DPS), prendeu um homem de 33 anos de idade, acusado de praticar o crime de estupro de vulnerável.

A prisão em flagrante aconteceu na praça cívica de Santana, após a mãe da vítima comparecer à Delegacia e relatar que seu filho de 16 anos de idade, portador do espectro autista – TEA, havia sido estuprado duas vezes pelo acusado. Durante interrogatório, o acusado confessou o crime.

De acordo com o Delegado Raphael Paulino, o crime aconteceu na casa do acusado, que era vizinho da vítima.

“O crime aconteceu na casa do acusado por duas vezes no mesmo dia, nos momentos em que a mãe da vítima precisou sair para comprar remédios. O acusado confessou que praticou o crime mesmo tendo ciência da vulnerabilidade da vítima e, ainda, prometeu que iria comprar um chaveiro da Chevrolet para que a vítima aceitasse ter relações sexuais com ele”, destacou o Delegado.

Para o Delegado, a equipe plantonista da 1ª DPS deu uma resposta imediata à cidadã que procurou a Delegacia.

“Após a mãe da vítima registrar o boletim de ocorrência, o Agente de Polícia Dislan, chefe do plantão, me comunicou o fato. Ao tomar conhecimento, foi possível verificar indícios suficientes de autoria, bem como que se tratava de uma situação flagrancial. Os Agentes de Polícia diligenciaram para prender o acusado em flagrante delito. A atenção dada à comunicante do fato e o trabalho em equipe dos plantonistas nos possibilitaram ter êxito nessa ação”, finalizou o Delegado.

O acusado já responde pelo mesmo crime, estando sob o regime semiaberto e fazendo uso de tornozeleira eletrônica.

 

 Foto: Polícia Civil

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA Notcia