Péssimas condições das ruas da capital danificam veículos de transporte coletivo






O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap) contestou as declarações da Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac) de que não haja manutenção periódica nos elevadores dos veículos que circulam nas linhas urbanas de Macapá. O que ocorre são as péssimas condições das ruas da capital, sem asfalto e esburacadas, que acabam danificando os veículos. O Setap acompanha as constantes manutenções dos ônibus e informa periodicamente esses dados ao órgão gestor.

Em 2012 o Sindicato já alertava para esse problema e protocolou relatório fotográfico junto a CTMac com cópia ao prefeito de Macapá. Só para ilustrar essa situação, no bairro Marabaixo 3, o excesso de buracos forçou motoristas a mudarem o itinerário, deixando de passar por trechos das vias Ranolfo Gato e as avenidas 15 e 18, conforme foi amplamente noticiado pela imprensa.

Os elevadores destinados ao acesso de cadeirantes nos ônibus passam por manutenção periódica. Nos diversos relatórios de manutenção constam danos causados por impactos do veículo ao passarem por imensas crateras. Para o Setap, se não houver manutenção nos corredores de ônibus, o problema persistirá.

Nesta quinta-feira, 17, o Setap iniciou novo registro fotográfico dos trechos mais afetados para auxiliar a Prefeitura de Macapá a iniciar frentes nestes locais. O documento deve ser encaminhado nos próximos dias.

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO