Jovem grávida é sequestrada após consulta de pré-natal e sofre estupro coletivo em Macapá

Compartilhe:





Uma jovem, de 22 anos, e grávida de sete meses, foi resgatada, na madrugada desta sexta-feira (7), na Zona Rural de Macapá. Ela teria detalhado à polícia que foi vítima de sequestro, estupro coletivo e cárcere privado. Ninguém foi preso suspeito pelos crimes.

O Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes) declarou que foi informado sobre o caso por um morador do assentamento Padre Josino, na comunidade de Abacate da Pedreira, por volta de 1h40, que teria acolhido a jovem em casa, após ouvi-la pedir por socorro.

De acordo com o Ciodes, a jovem teria contado que foi sequestrada na quarta-feira (5), quando saia da Unidade Básica de Saúde (UBS) Lélio Silva, no bairro Novo Buritizal, na Zona Sul. Era por volta das 14h e ela havia saído de uma consulta de pré-natal, quando foi sequestrada em um carro de cor preta por quatro homens armados.

Ainda segundo o relato da jovem, detalha a central de informações, ela teria sido levada, encapuzada, para uma casa ainda na área urbana, onde foi estuprada e agredida pelo grupo. A polícia informou também que, de acordo com a vítima, foi provavelmente levada na quinta-feira (6) para o interior.

O Ciodes relata também que, a vítima fugiu do cativeiro para área de mata após distração dos criminosos. Na região ela teria ficado um longo de período de tempo até chegar ao assentamento.

A jovem grávida foi levada para o Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML) para receber atendimentos médicos, onde são avaliadas as agressões e o estado de saúde do bebê. O caso foi encaminhado para investigação da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DCCM) de Macapá.

 

Fonte: https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2019/06/07/jovem-gravida-e-sequestrada-apos-consulta-de-pre-natal-e-sofre-estupro-coletivo-em-macapa.ghtml / Foto: Fabiana Figueiredo/G1

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO