Homem que agrediu equipe de reportagem da Rede Amazônica no Amapá é indiciado

Compartilhe:





A 6ª Delegacia de Polícia Civil de Macapá indiciou por vias de fato e dano qualificado o homem de 44 anos que agrediu na sexta-feira (3) uma equipe de reportagem da Rede Amazônica no Amapá que se preparava para entrar ao vivo no Bom Dia Amazônia.

Identificado, o agressor foi alvo de buscas da Polícia Civil, mas não foi localizado em cinco endereços levantados. Intimado posteriormente, ele também não compareceu para prestar depoimento.

O caso aconteceu no início da manhã quando a equipe estava próxima à Casa do Artesão. O acusado estava de moto e parou próximo ao cinegrafista Albenir Sousa e o repórter William Amanajás. Em seguida, ligou uma caixa de som que atrapalhou a equipe.

O cinegrafista chegou até ele e pediu para baixar o som, explicando que fariam a participação ao vivo. O homem usou um capacete para agredir o cinegrafista e destruir a câmera de filmagem. Depois fugiu e não foi localizado.

O inquérito será encaminhado ao Ministério Público do Amapá (MP-AP) e Tribunal de Justiça para judicialização. A pena para os casos podem superar os 3 anos de prisão.

Para o delegado do caso, Leandro Leite, a agressão partiu do acusado e que testemunhas no local ajudaram a identificá-lo, assim como a placa da moto.

“A liberdade de imprensa é uma expressão da democracia e um dos pilares do Estado Democrático de Direito e atos de intolerância e de violência que atentem contra esses direitos não serão tolerados pela Polícia Civil”, declarou.

 

Fonte: https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2020/04/08/homem-que-agrediu-equipe-de-reportagem-da-rede-amazonica-no-amapa-e-indiciado.ghtml / Foto: Reprodução

Caso aconteceu antes de transmissão ao vivo na orla de Macapá — Foto: Reprodução

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO