Venezuelano é preso por tentativa de feminicídio após esfaquear a ex-companheira, no Amapá

Compartilhe:





Um venezuelano de 41 anos foi preso em Calçoene, a 374 quilômetros de Macapá, por tentativa de feminicídio. Ele confessou que esfaqueou a ex-companheira após sentir ciúmes dela. De acordo com a Polícia Civil, o Judiciário converteu a prisão em flagrante em preventiva; e ele foi levado para presídio.

A vítima foi levada em estado grave para o Hospital de Emergência (HE) de Macapá. Até a última atualização desta reportagem, não havia informações atualizadas do estado de saúde dela.

De acordo com o delegado Niury Relry, da Delegacia de Polícia (DP) de Calçoene, o crime ocorreu no domingo (26). Os policiais receberam a denúncia do caso e conseguiram prendê-lo em flagrante em via pública.

Ao delegado, ele confessou ser autor das facadas e que já havia ameaçado a vítima.

“No depoimento, ele falou que já tinha avisado ela que se ela ficasse com outro homem, ele iria matá-la. Ela ficou com outro rapaz, ele tomou conhecimento e num momento de descontrole, de raiva, deu facadas nela. Estamos aguardando o laudo pericial para averiguar a quantidade de facadas. Uma delas perfurou o pulmão e ela precisou ser removida para Macapá, em estado grave”, comentou Relry.

Ainda segundo a DP de Calçoene, o venezuelano entrou no país como refugiado mas está em situação irregular desde 2019.

 

Fonte: https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2020/07/28/venezuelano-e-preso-por-tentativa-de-feminicidio-apos-esfaquear-a-ex-companheira-no-amapa.ghtml / Foto: Batalhão Força Tática/Divulgação

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO