PF apreende carne de paca, jacaré e porco do mato caçados em floresta protegida; 2 foram presos

Compartilhe:





Policiais federais apreenderam pelo menos 40 quilos de carne de paca, jacaré e porco do mato, animais silvestres que teriam sido caçados ilegalmente em unidade de conservação no Amapá. O flagrante aconteceu na manhã desta quinta-feira (24), em Porto Grande, a 102 quilômetros de Macapá.

Além da carne apreendida, 2 homens, de 37 e 47 anos, foram presos em flagrante por receptação e armazenamento de espécie de fauna silvestre sem a devida autorização.

O trabalho aconteceu durante a 2ª fase da operação “Orion”, deflagrada nesta quinta, pela Polícia Federal (PF). Cerca de 40 agentes estiveram envolvidos na operação para cumprir 8 mandados de busca e apreensão.

Em nota, o órgão explicou que a ação visa desarticular organização criminosa que, de forma reiterada, realiza caça ilegal na Floresta Nacional do Amapá (Flona).

 

Em 2017, a PF já havia ido às ruas para cumprir 12 mandados de busca e apreensão e 10 mandados de condução coercitiva. Na época, o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) informou que servidores foram ameaçados pelo grupo.

Além de caçarem ilegalmente, eles não cumpriam ordens de parada no posto de fiscalização e intimidavam os vigilantes com tiros de arma de fogo em suas residências, acrescentou a PF na época.

A polícia recebeu novas denúncias do ICMBio de que os investigados continuavam a cometer os crimes, se aproveitando do momento de vulnerabilidade social causado pela pandemia da Covid-19 para promoveram incursões ilegais na Flona para a caça de animais silvestres.

Os investigados poderão responder por associação criminosa e caça ilegal em Unidade de Conservação, e se condenados, poderão cumprir pena de até 6 anos de reclusão.

A PF explica que o nome “Órion” descreve um grande caçador, um dos melhores a serviço da deusa Ártemis, da mitologia grega.

 

Fonte: https://g1.globo.com/ap/amapa/noticia/2020/09/24/pf-apreende-carne-de-paca-jacare-e-porco-do-mato-cacados-em-floresta-protegida-2-foram-presos.ghtml / Foto: PF/Divulgação

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO