Polícia Civil realiza operação de combate à pornografia infantil em Macapá






A Polícia Civil do Amapá amanheceu esta segunda- feira, 6,  nas ruas da capital para cumprir mandados de prisão e apreensão. As investigações começaram desde o mês passado, quando foi divulgado nas redes sociais vídeo do advogado E. B. N. C. J. mantendo relação sexual com uma adolescente, de 17 anos.

A operação foi de combate a crimes de produção de material pornográfico envolvendo adolescente, assim como de divulgação por meio de sistema informático de imagens e vídeos pornográficos envolvendo adolescente. “Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em três localidades e realizadas buscas na residência e no local de trabalho do investigado, contou delegado Wellington Ferraz.

Durante a operação, a Polícia Civil apreendeu HDs, computadores, pendrives, smartphones e celulares. O advogado é investigado por produzir vídeos de conteúdo pornográfico com adolescentes.

A Polícia investiga ainda todas as pessoas que de alguma forma compartilharam ou até mesmo encaminharam para terceiros o material envolvendo vídeos ou fotos contidas na investigação.

“Exatamente, várias pessoas já foram identificadas e elas vão responder por este ato, nesta operação uma só pessoa foi presa, porém a investigação ainda continua”, contou o delegado. O advogado pagou uma fiança e foi liberado e vai responder em liberdade

Por Valter Negrão/aGazeta

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO