Governador discute apoio mútuo com comandante de Operações Navais da Marinha do Brasil






O governador do Amapá, Waldez Góes, reuniu-se nesta quinta-feira, 13, com o almirante de esquadra e comandante de Operações Navais da Marinha do Brasil, Sérgio Roberto Fernandes dos Santos, que esteve visitando Macapá. Objetivo do encontro foi aproveitar a oportunidade e abordar temas de relevância para administração naval, fortalecendo a relação de parceria entre o Governo do Amapá e a Marinha do Brasil.       

Durante o encontro, o almirante ressaltou que existe uma expectativa de que seja criado um posto avançado da Marinha no município de Oiapoque, na área onde existe uma construção da Receita Federal.  “Estamos fazendo alguns estudos, queremos aumentar a nossa atuação naquela localidade, porém vamos fazer um relatório geral do Estado do Amapá com a intenção de que mais projetos venham a ser instalados aqui”, explicou.

O governador Waldez Góes destacou a relação de parceria permanente com a Marinha do Brasil. “Nossa região é caracterizada com a presença de rios, onde sempre precisaremos do apoio da Marinha na orientação, fiscalização, transporte fluvial e ações sociais envolvendo a população”. Góes lembrou, ainda, algumas ações positivas realizadas em parceria com a Marinha, como as de saúde, realizadas no arquipélago do Bailique, beneficiando a comunidade.

Outro assunto levantado pelo chefe do Executivo foi a regulamentação do transporte escolar em que serão abertos procedimentos por rota, para atender à demanda das famílias ribeirinhas do Estado.  “Para que tudo transcorra de forma correta será preciso aferir as demarcações das rotas (tamanhos, distância, tempo de deslocamento e tipo de transportes utilizados). Estamos trabalhando isso juntamente com as autoridades da Marinha”, explicou o governador.

Na oportunidade, Waldez Góes fez questão de agradecer em nome do Governo do Amapá e das instituições parceiras, o trabalho foi realizado pela Marinha do Brasil no combate ao mosquito Aedes aegypti no Estado. “Conseguimos junto com a parceria da Marinha do Brasil uma redução significativa no número de casos de zika vírus, dengue e chikungunhaya no Amapá”, afirmou.

Participaram, também, do encontro representantes do Tribunal de Justiça, Ministério Público do Amapá, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Exército do Brasil e Marinha do Brasil.  

Por: Fabiola Gomes / Foto: André Rodrigues

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO