TJAP apresenta à rede de parceiros a Campanha Sinal Vermelho que será lançada dia 10 de junho

Compartilhe:





Na manhã desta sexta-feira, (05), o desembargador Carmo Antônio de Souza, que coordena a Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violëncia Doméstica e Familiar no âmbito do Tribunal de Justiça do Amapá, reuniu com magistrados, servidores e representantes da Polícia Militar, Guarda Civil, Conselho Regional de Farmácia e Sindicato das Farmácias, para iniciar as tratativas de implementação do projeto “Sinal Vermelho”. Com lançamento previsto para o dia 10 de junho, a ação organizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) visa ampliar os canais de denúncia para atender a mulher vítima de violência doméstica, integrando diversos parceiros.

Durante a reunião realizada de forma virtual, pela plataforma Zoom, o desembargador Carmo Antônio de Souza, ressaltou que a campanha tem como objetivo combater a violência doméstica e dar à sociedade respostas cada vez mais rápidas aos casos. “Mesmo durante a ocorrência da pandemia, a Justiça não deixou de lado a preocupação relacionada à violência doméstica e por isso seguimos mobilizando nossos magistrados, servidores e nossa rede de parceiros para ampliarmos o atendimento quem precisa”, afirmou.

De acordo com o desembargador, esta foi a primeira de uma série de reuniões que irão definir as ações para a efetividade do projeto no estado do Amapá. “Foi um encontro para apresentar o panorama geral da campanha, então agradecemos a participação de cada um que esteve presente na reunião, pois somente com a mobilização de todos poderemos alcançar o resultado almejado”, concluiu o magistrado.

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO