Após tratativas de Waldez e Davi, Exército libera área para avanço na duplicação da Duca Serra

Compartilhe:





Após a liberação do terreno do Exército Brasileiro para a construção de um novo Hospital de Emergência, o Governo do Amapá agora conseguiu mais uma área pertencente à instituição para a conclusão de outra obra de extrema importância para a população, a duplicação da Rodovia Duca Serra – via que liga os municípios da região metropolitana, Macapá, Santana e Mazagão.

A notícia foi confirmada durante reunião nesta terça-feira (28), no Palácio do Setentrião, sede central do poder Executivo amapaense.

O Exército deverá ceder ao governo o espaço situado às margens da pista entre a ponte da Lagoa dos Índios e a Av. Mestre Júlio (Rua 30 de Outubro) – que vai interligar a Duca Serra e a Avenida 13 de Setembro, no bairro Buritizal – para a conclusão da obra.

“Registro meu agradecimento ao Exército em buscar essa equação em relação à área destinada ao novo Hospital de Emergência, e agora a liberação dessa nova área que vai possibilitar a conclusão da duplicação da Duca Serra que está melhorando a mobilidade das pessoas naquela região”, frisou o governador do Amapá, Waldez Góes.

O comandante da 22ª Brigada de Infantaria de Selva da Foz do Amazonas, general Adilson Giovani Quint, destacou que a instituição segue trabalhando em parceria com o governo estadual para beneficiar a vida da população amapaense.

“São inúmeras as parcerias que temos executado juntamente com o governo do estado, que estão trazendo benefícios e deixando um legado para a população”, destacou.

A liberação das áreas do Exército teve articulação do presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, que foi representado na reunião pelo seu suplente, Josiel Alcolumbre. No momento do encontro, o senador estava reunido com o relator do orçamento da União, deputado Domingos Neto, para garantir a contrapartida necessária para a liberação da área.

“O senador Davi garantiu a contrapartida para que o exército pudesse fazer a liberação da área, garantindo que o governo possa dar prosseguimento à mais uma obra de infraestrutura de extrema importância para o desenvolvimento do estado”, comentou Josiel.

 

Por: Gabriel Dias /  Foto: Marcelo Loureiro / Secom

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO