Eleições 2018: serão pelo menos 22 novos senadores a partir de 2019 em todo Brasil






Um levantamento prévio realizado pelo Jornal A Gazeta indicou que 22 dos 54 senadores em exercício (eleitos e suplentes), cujos mandatos se encerram neste ano, não vão disputar a cadeira no senado federal nas eleições de 2018, ou seja, não tentarão a reeleição em seus respectivos Estados. Em números reais, isso representa 27% do total de 81 senadores. Os dados atuais não levam em consideração os senadores que foram eleitos, mas deixaram os cargos.

O Estado do Amapá também está entre esses números, pois pelo menos uma das vagas ao senado no Amapá terá um novo nome, já que o João Capiberibe (PSB) oficializou sua candidatura ao governo. A outra vaga de senador pelo Amapá é de Randolfe Rodrigues (Rede), mas esse é candidato à reeleição ao senado.

Até o presente momento, as eleições no Amapá para o Senado Federal apresentam 12 candidatos. Esse número chegou a 15, mas caiu com o declínio de Jaime Nunes (Pros), que passou a ser vice na chapa de Waldez Góes, Neide Santos (PP) e Aroldo Leite (PV). Vale ressaltar que esse número poderá apresentar alterações, pois os partidos ainda não entregaram as atas das convenções partidárias ao TRE/AP, ou seja, não existe ainda o registro de candidatura.  

Os senadores têm mandatos de oito anos. E em uma eleição, renovam-se os mandatos de um terço deles, no caso 27. Na eleição seguinte, de dois terços (54), como é o caso desta, de 2018. Assim, estarão em disputa neste ano duas das três vagas de senador de cada estado.

Em 2018, os 512.110 eleitores do Amapá estão aptos a votar e vão poder escolher dois senadores. O primeiro turno da eleição será em 7 de outubro.

Candidatos ao Senado pelo Amapá, em ordem alfabética.

Bala Rocha (PSDB), Davi Silva (PSTU), Fátima Pelaes (MDB), Gilvam Borges (MDB), Guaracy Júnior (PTC), Janete Capiberibe (PSB), Joaquina Lino (PCB), Jorge Amanajás (PPS), Lucas Barreto (PTB), Ricardo Santos (PSL), Randolfe Rodrigues (Rede) e Wagner Gomes (PMN)

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO