Governo do Amapá envia 4ª remessa de casos suspeitos do novo coronavírus

Compartilhe:





Já estão em Belém (PA) para serem levadas ao Instituto Evandro Chagas (IEC) mais 43 amostras de material biológico coletadas de pessoas com suspeita do novo coronavírus (COVID-19) no Amapá.

As amostras foram transportadas no avião do Grupamento Tático Aéreo (GTA) do Amapá por duas técnicas treinadas do Laboratório Central do Estado (Lacen) para este tipo de condução.

O avião decolou às 8h do hangar do governo amapaense, em Macapá, e chegou agora a pouco à capital paraense. Com este lote, chegam a 155 o número de amostras enviadas ao IEC – instituição mais próxima do Amapá que é credenciada pelo Ministério da Saúde para fazer o diagnóstico de infecção do COVID-19.

Até esta manhã, segundo o último Boletim Informativo do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COESP) – dispositivo criado pelo Governo do Amapá para gerenciar e implantar ações de prevenção e enfrentamento ao COVID-19 – o Estado tem 1 caso confirmado da doença. Os números atuais mostram: 47 em Macapá, 20 em Santana, 5 em Laranjal do Jari, 3 em Pedra Branca, 2 em Mazagão, 3 em Porto Grande, 1 em Serra do Navio e 1 em Tartarugalzinho.

Os dois primeiros lotes, com 50 e 21 amostras, já tiveram resposta do IEC: 70 casos descartados e 1 confirmado. As 3ª e 4ª remessas aguardam diagnóstico do IEC.

 

Por: Marco Antônio P. Costa /  Foto: Ascom/GTA

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA Sade