Hemoap analisou mais de 9 mil testes do pezinho em 2017






Todo bebê quando nasce, faz ou deve fazer o teste do pezinho, um exame de triagem que deve ser feito até 5 dias após o nascimento e pode identificar de forma precoce se a criança tem alguns determinados tipos de patologias. O exame é rápido e praticamente indolor para a criança, um furo é feito em um dos pés e são colhidas quatro gotas de sangue que serão analisadas.

Entre as doenças congênitas que podem ser descobertas estão: fenilcetonúria, que pode causar um atraso do desenvolvimento psicomotor e em casos graves deficiência mental severa; hipotireoidismo, uma deficiência parcial ou total dos hormônios da tireoide que leva à deficiência mental e ao retardo do crescimento; fibrose cística, uma doença genética que afeta os pulmões e o sistema digestivo podendo ser crônica; e anemia falciforme, doença genética caracterizada pela formação defeituosa da hemoglobina, conferindo às hemácias a forma de foice, é mais comum entre a população negra e a descoberta precoce pode melhorar consideravelmente a qualidade de vida do paciente.

O Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap) é o responsável por analisar as amostras colhidas dos bebês nascidos no Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML), única maternidade de referência no Estado. Em 2017, foram analisados mais de 9 mil testes. As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) também realizam a coleta e envio do material para análise.

A neopedriatra Luciana Machado explica que é importante conscientizar os pais da importância de realizar o exame e do acompanhamento do resultado. “Temos muitos casos que as mães não têm conhecimento deste teste, por morarem em áreas isoladas e não fazerem o parto em um hospital. É um teste de extrema importância que oferece cuidados básicos, primordiais e gratuitos para a população. Caso uma dessas doenças seja diagnosticada, a criança é encaminhada para fazer o tratamento o quanto antes, pra que assim ela possa ter mais qualidade de vida”, finaliza.

O Ministério da Saúde (MS) instituiu o dia 6 de junho como o Dia Nacional do Teste do Pezinho, uma data para lembrar a todos os pais da importância do exame.

Por: Claudia Cavalcanti /  Foto: André Rodrigues / Sesa

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO