GEA investe em recursos humanos e amplia atendimentos na UPA da Zona Norte






A Unidade de Pronto Atendimento da Zona Norte de Macapá (UPA), desde sua inauguração em 2014, tem sido um dos principais pontos de saúde procurados pelos amapaenses em situações de emergência. Para beneficiar os usuários da UPA, o Governo do Estado do Amapá (GEA) investiu na instalação de novos equipamentos, contratação de servidores e ampliou espaços como a sala vermelha, ouvidoria, e, recentemente, implantou um necrotério, Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) e Núcleo de Vigilância Epidemiológica (NVE).

De acordo com o diretor da UPA, Rafael Dantas, a contratação de servidores para trabalhar na parte laboratorial, como farmacêutico e bioquímico, foi um dos principais motivos que alavancaram a demanda de exames em 132%. No ano passado, a média mensal de exames era de 960, e atualmente a UPA da Zona Norte realiza o quantitativo de 2.300 exames por mês. Além disso, houve também uma aumento de 40% com relação ao número de atendimentos. Em 2017, a média mensal era de 7.116, e nos últimos meses o número aumentou para 9.700 atendimentos.

“Esses números são reflexo da qualidade de atendimento humanizado, pois, graças às ampliações feitas pelo governo, podemos atender toda essa demanda. Agora, em junho, também teremos a implementação do aparelho de raio x e a contratação de um novo pediatra que irá otimizar ainda mais nossos serviços", anuncia o diretor.

A paciente Crislene Moraes, sempre que precisa de atendimento de emergência, procura a UPA da Zona Norte. "Sou sempre bem recebida nesta unidade, o atendimento é rápido, o espaço é amplo e me sinto confortável", descreve Moraes.

Nos meses de abril e maio, o governo implantou o necrotério, o Núcleo de Segurança do Paciente (NSP), onde a pessoa é encaminhada para receber sua classificação de emergência, e o Núcleo de Vigilância Epidemiológica (NVE), para diagnóstico das doenças compulsórias, que permite melhor comunicação entre a equipe médica e eficácia no atendimento.

Por: Jamylle Nogueira / Foto: André Rodrigues / Sesa

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO