Novembro Roxo: Amapá monta programação sobre cuidados especiais com a prematuridade neonatal


Com o tema “Separação Zero: aja agora”, a campanha deste ano chama a atenção para a importância da presença dos pais durante o período de internação dos bebês.


O Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML), em Macapá, preparou uma programação em alusão ao “Novembro Roxo”, considerado o mês da prematuridade pré-natal. A cor roxa representa a sensibilidade e individualidade dos bebês prematuros. É considerado prematuro todo bebê que nasce antes das 37 semanas de gestação.

Com o tema “Separação Zero: aja agora”, a campanha chama a atenção para a importância da presença dos pais durante o período de internação dos bebês.

Para iniciar a programação, desde o dia 3 a unidade reabriu a visitação 24 horas na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTINeo) da unidade, que por conta da pandemia da covid-19 estava suspensa desde março de 2020, sendo permitida apenas a visitação em horários alternados para evitar aglomeração.

A diretora do HMML, Cristiani Barros, explicou que para o retorno foram levados em consideração vários fatores como a diminuição dos casos e o avanço da vacinação. Além disso, também foi avaliada a necessidade dos pais acompanharem a evolução clínica, já que em alguns casos, o bebê tem uma taxa de permanência de mais de 6 meses na unidade.

“É comprovado cientificamente que o bebê prematuro ter o contato pele a pele com os pais ajuda na evolução clínica. É um processo muito importante na formação cognitiva da criança, ela precisa criar esse laço, não é porque um bebê que está internado que tenha que ficar sem os seus familiares”, ressaltou.

Além de homenagear os bebês e as famílias, a programação também visa relembrar os servidores da unidade sobre os cuidados e orientações nos cuidados especiais aos recém-nascidos prematuros.

A programação

- 11/11 - Sensibilização sobre o Método Canguru dia;

- 18/11, 25/11, 07/12 e 14/12 - Curso de Manejo Clínico de Aleitamento Materno com a equipe do Banco de Leite Humano (BLH);

- 20/11 – Caminhada com familiares de bebês prematuros;

- 22/11 – Técnicas de Reanimação Neonatal.

 

Por: Claudia Cavalcanti /  Foto: Márcio Pinheiro

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO