Uma cor que nos une: Hemoap lança campanha de incentivo à doação na Semana Nacional do Doador de Sangue


Programação terá blitz educativa e apresentações musicais do Corpo de Bombeiros e do cantor Zé Miguel.


O Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap) lança nesta segunda-feira, 22, a Semana Nacional do Doador de Sangue, com a campanha “Uma cor que nos une”. O objetivo é reforçar a universalidade na doação de sangue e  incentivar, valorizar e reconhecer os gestos dos doadores voluntários do hemocentro.

A programação inicia na terça-feira, das 7:30h às 9:30h, com uma blitz em frente ao Hemoap, que fica na Avenida Raimundo Álvares da Costa, esquina com a rua Jovino Dinoá, em Macapá. A blitz terá  a presença de componentes da escola de samba Maracatu da Favela, para a distribuição de materiais educativos sobre os critérios de doação a condutores e pedestres.

Na quinta-feira, 25, das 8:30h às 9h, haverá apresentação da banda do Corpo de Bombeiros e, na sexta-feira, 26, a campanha encerra com apresentação do cantor Zé Miguel, das 8:30h às 10h, na Sala de Coleta do Hemoap. 

Um dos objetivos da campanha é aumentar o estoque do hemocentro, que está baixo para todas as tipagens sanguíneas, mas a situação é crítica para o tipo O+.

A chefe do Serviço de Captação e Orientação Social do Hemoap (SCOS), Elmira Melo Monteiro, reforça que é necessário um fluxo diário e constante de 87 doadores para que o estoque se mantenha adequado.

“O Hemoap está de portas abertas para todo e qualquer doador voluntário. As doações não estão no mesmo nível das demandas apresentadas pelas unidades hospitalares do Estado, por isso precisamos de reforço constante nas doações”, afirmou Elmira. 

Cada bolsa de sangue ajuda a salvar até 4 vidas. Todas as doações que o hemocentro recebe abastecem toda a rede de saúde pública e privada. O estudante Kennedy Tavares, de 20 anos, realizou a 1ª doação motivado pela necessidade de ajudar um parente que precisava de transfusão. 

“Acredito que quem pode doar, deve doar. O processo é rápido e indolor, além de ser muito gratificante saber que o nosso sangue salvará vidas”, completou.

Como ser um doador?

Para doar sangue, é fundamental: ter boa saúde;pesar mais de 50 kg; ter idade entre 16 e 69 anos, menores de 18 anos precisam de autorização dos responsáveis e pessoas com idade superior a 70 anos só podem doar se houver histórico de assiduidade; e é necessário estar descansado e alimentado antes da doação.

O atendimento é por agendamento e por comparecimento espontâneo das  7h30 às 12h30. Para agendar, acesse o site https://hemoap2.reservio.com

 

Por: Karla Santos  Foto: Karla Santos 

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO