OPERAÇÃO TÂNATOS EM VITÓRIA DO JARI: SEIS PESSOAS, ARMAS, DROGAS, CELULARES E OBJETOS SÃO APREENDIDOS



Na quinta-feira, 9, a Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia de Polícia de Vitória do Jari, realizou a operação Tânatos com o objetivo de cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão domiciliar.

Durante a ação, foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão em residências localizas em Vitória do Jari, em Almerim e no Iapen. Quatro armas de fogo, drogas, objetos oriundos de furto e roubo, carregadores e aparelhos de telefone celular, um porta carregador de arma de fogo, balaclavas e um coldre.

Ao todo, seis pessoas foram presas, sendo quatro através do cumprimento de mandado de prisão preventiva e duas em flagrante por tráfico de drogas, receptação e posse ilegal de arma de fogo.

De acordo com o Delegado Erivelton Clemente, a operação é resultado da investigação de uma tentativa de homicídio ocorrida no dia 6 de julho desse ano.

“A vítima sofreu um atentado e levou cinco tiros, sendo que um atingiu a cabeça dela e perdeu a visão do olho esquerdo. Todas as balas estão alojadas no corpo da vítima, que sobreviveu. Iniciamos as investigações e identificamos os suspeitos, que fazem parte de uma organização criminosa. O autor intelectual do crime é um detento do Iapen, o qual ordenou a morte da vítima devida ela não querer mais vender drogas e nem ser integrante da organização criminosa”, disse o Delegado.

O nome da operação significa a personificação da morte na mitologia grega.

A Divisão de Capturas, o Núcleo de Operações com Cães, o Departamento de Polícia do Interior, a 1ª Delegacia de Polícia de Santana e a Delegacia da Infância e Juventude de Laranjal do Jari, também participaram da Operação.

 

 Foto: Polícia Civil

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO