Drogas, celulares e armas brancas são apreendidas durante operação no Iapen



Nessa quarta-feira, 15, a Polícia Civil do Amapá, por meio da Divisão de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO) e da Delegacias de Polícia de Porto Grande e Mazagão, cumpriram dois mandados de busca e apreensão nos pavilhões F1 e F2 do Iapen, com o objetivo de arregimentar provas da participação de detentos em organizações criminosas.

Durante a ação, foram apreendidas drogas, aparelhos celulares, armas brancas e estoques.

De acordo com o Delegado Estéfano Santos, os mandados foram cumpridos em celas de detentos que possuem lideranças nas organizações criminosas, as quais pertencem.

"Esses indivíduos estão sendo investigados pela Polícia Civil por serem responsáveis pela 'guerra de facções' ocorridas nos últimos dias. A partir de agora, iremos reunir provas que confirmem as autorias daqueles que decretaram a morte de membros das organizações criminosas rivais e, ainda, passaram a ameaçar policiais e pedir a morte de policiais. Eles responderão por organização criminosa e eventuais homicídios consumados ou tentados" explicou o Delegado.

A contenção dos detentos foi realizada pelo Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (BOPE) e as buscas tiveram o apoio dos Policiais Penais.

 

Foto: Polícia Civil

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO