Primeira dose da vacina é ofertada para o público acima de 18 anos; confira os demais grupos


A vacinação deste grupo acontecerá das 9h às 15h em cinco pontos da capital


A ação de vacinação contra a Covid-19 deste sábado (18) será direcionada à oferta da primeira dose do imunizante para o público geral vacinável, formado por pessoas a partir dos 18 anos. Além deste grupo, também será ofertada a terceira dose para idosos acima de 85 anos, imunodeprimidos e transplantados de órgãos sólidos. Paralelo a eles, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) disponibilizará a segunda dos imunizantes Pfizer/BioNTech, Oxford/AstraZeneca e CoronaVac.

1ª dose para população geral acima de 18 anos
A imunização deste grupo acontecerá das 9h às 15h na quadra da Igreja Jesus de Nazaré e nos pontos de drive-thru que estão instalados na Praça Floriano Peixoto, Praça do Estádio Zerão, Rodovia do Curiaú e Marabaixo.

2ª dose de Oxford/AstraZeneca e CoronaVac
Os dois imunizantes estarão disponíveis das 9h às 15 nos na quadra da Igreja Jesus de Nazaré e nos drive-thru da Praça Floriano Peixoto, Praça do Estádio Zerão, da Rodovia do Curiaú e do Marabaixo.

Quem foi imunizado com a vacina Oxford/AstraZeneca e tem o período de recebimento da segunda dose previsto para acontecer até o dia 30 de setembro poderá procurar um destes pontos de vacinação para encerrar o seu esquema vacinal.

2ª dose de Pfizer/BioNTech
O imunizante Pfizer/BioNTech estará disponível para quem está marcado para receber a D2 até o dia 30/09, na Universidade do Estado do Amapá (UEAP) e no Amapá Garden Shopping. Os dois locais estarão recebendo o público das 9h às 15h.

3ª dose para idosos acima de 85 anos, imunodeprimidos e transplantados de órgãos sólidos
A oferta da terceira dose da vacina para os idosos acima de 85 anos, imunodeprimidos e transplantados de órgãos sólidos acontecerá das 8h às 13h no Centro de Especialidades Dr. Papaléo Paes e das 9h às 15h na Universidade Federal do Amapá (Unifap) e Instituto Federal do Amapá (Ifap).

Antes de buscar um dos pontos de vacinação, o usuário deve se certificar de que já se passaram mais de seis meses desde o recebimento da segunda dose do imunizante. Esta informação está contida na carteira de vacinação.

Documentação
Independente de ser primeira, segunda ou terceira dose, todos devem apresentar os originais de cópias de um documento oficial com foto, CPF e comprovantes de residência.

Além desses documentos, o público que receberá a segunda dose de algum dos imunizantes deverá apresentar, também, a carteira de vacinação com indicação da aplicação da primeira dose.

Já os transplantados de órgãos sólidos e imunodeprimidos deverão apresentar um laudo médico que comprove a sua condição.

 

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO