"Coiotes" são presos por facilitar entrada de haitianos no Brasil pela fronteira com a Guiana Francesa


Trio foi detido com 13 haitianos na cidade fronteiriça de Oiapoque, no extremo norte do Amapá.


Três homens foram presos nesta sexta-feira (17) pelo crime de migração ilegal após serem flagrados transportando um grupo de 10 haitianos pelas ruas de Oiapoque, cidade do Amapá na fronteira do Brasil com a Guiana Francesa. O trio é apontado como responsável por intermediar a entrada dos estrangeiros ilegalmente no país.

De acordo com a Polícia Civil, eram 13 haitianos, sendo 12 adultos e uma criança, que atravessaram a fronteira em busca de melhores condições de vida no Brasil.

Os haitianos foram reconduzidos para a Guiana Francesa e os coiotes encaminhados para a delegacia da Polícia Federal (PF) no município. Os veículos que transportavam os estrangeiros foram apreendidos.

A PF acredita que o trio é responsável pela travessia frequente na fronteira, sendo que um deles já era investigado pela prática.

Os homens foram presos e estão à disposição da Justiça no mini presídio de Oiapoque. A polícia não informou os nomes deles.

Além da PF e Polícia Civil, as ações de combate a crimes na fronteira estão sendo reforçadas com a parceria do Exército, Marinha e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Desde 12 de setembro as corporações atuam na operação Hórus, que integra o programa V.I.G.I.A da Coordenação Geral de Fronteiras, do Ministério da Justiça.

 

Fonte: G1-AP /  Foto: Polícia Civil/Divulgação

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO