Enare 2021: editais com mais de 3,2 mil são publicados; inscrições iniciam em 20/10


Vagas são para as áreas médicas, multiprofissionais e uniprofissionais 


Foram divulgados na última quarta-feira (6) os editais normativos para a edição de 2021 do Exame Nacional de Residência (Enare), destinado aos estudantes da área de saúde. De acordo com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal vinculada ao Ministério da Educação (MEC), nesta edição serão oferecidas mais de 3,2 mil vagas para residências médicas.

As áreas contempladas são: médica multiprofissional, que inclui enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, odontólogos, nutricionistas e profissionais de educação física; e uniprofissional, como enfermagem e física médica, em 81 instituições distribuídas em todo o país. As inscrições poderão ser realizadas de 20 de outubro a 8 de novembro e as provas ocorrerão em 12 de dezembro deste ano.

Criado em 2020 com o objetivo de otimizar a forma de selecionar os residentes para cada hospital, oferecendo benefícios para as instituições e para os próprios candidatos, o Enare foi pensado para modificar a forma de como as instituições escolhiam os seus residentes. 

As universidades federais participantes da primeira edição tiveram menos vagas ociosas, eliminaram os custos e a carga burocrática da realização dos exames individuais e ampliaram a qualificação da seleção. Para os candidatos, o exame unificado apresentou vantagens como custo menor, data única para a realização das provas, aplicação em todas as capitais.

“Percebemos que havia a necessidade de realizar um exame que resolvesse alguns problemas das instituições, como a ociosidade em algumas vagas. Em relação aos candidatos, a necessidade de viajar o país inteiro para participar de vários certames onerava seus gastos pessoais. Com o Enare, nós oferecemos uma solução para esses e outros problemas”, destacou o diretor de Gestão de Pessoas da Rede Ebserh/MEC, Rodrigo Barbosa.

A seleção deste ano trará ainda como novidade a realização das provas em todas as capitais e em mais 23 cidades: Feria de Santana (BA), Ilhéus (BA), Imperatriz (MA), Uberlândia (MG), Caratinga (MG), Juiz de Fora (MG), Montes Claros (MG), Dourados (MS), Sinop (MT), Campina Grande (PB), Cascavel (PR), Guarapuava (PR), Londrina (PR), Nova Iguaçu (RJ), Passo Fundo (RS), Pelotas (RS) Bauru (SP), São Carlos (SP), São José do Rio Preto (SP), Campinas (SP), Araguaína (TO), Petrolina (PE) e Joinville (SC).

 

* Com informações do MEC 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil 

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO