Delegação amapaense com 16 estudantes participa das Paralimpíadas Escolares em São Paulo


Governo do Estado custeou as passagens e os uniformes dos atletas, técnicos e equipe de apoio.


Mostrar a força do paratletismo amapaense. É com essa garra que o estudante Rian Campos, de 15 anos, viaja neste domingo, 21, para São Paulo, em busca de um lugar no pódio nas Paraolímpiadas Escolares.

O Governo do Estado custeou as passagens e os uniformes (camisa, calça e agasalho) do Rian e dos outros 15 paratletas que vão competir, além dos técnicos e equipe de apoio. Ao todo, a delegação é composta por cerca de 40 pessoas.

"Estamos animados em representar o nosso estado. Tenho fé que nós, atletas, teremos bons resultados e vamos mostrar a força do paratletismo amapaense, como também de outras modalidades”, ressaltou o adolescente.

 

A Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel) fez a entrega das passagens e dos uniformes oficiais no sábado, 20, no Estádio Olímpico do Zerão. 

Os estudantes vão disputar as modalidades de atletismo, natação, tênis de mesa e parabadminton, na capital paulista. As competições iniciam na segunda-feira, 22, e segue até sexta, 26.

 

Entre as promessas de ouro está o experiente atleta Sandro Lobato dos Santos, de 17 anos. Ele disputa as Paralímpiadas Escolares pela terceira vez no atletismo. O estudante já coleciona sete medalhas e quer superar o bom desempenho das últimas edições.

"Estou muito feliz por ter a oportunidade de disputar, pela terceira vez, as Paralímpiadas. Vou em busca de mais medalhas para o Amapá", disse, confiante.

A competição é considerada um dos maiores eventos mundiais para pessoas com deficiências física e intelectual em idade escolar. Com a participação de escolas de todo o país, as Paralímpiadas Escolares são realizadas pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e Ministério da Cidadania.

 

Por: Rafael Moreira /  Foto: Rafael Moreira/Sedel

 



Deixe seu Comentário

 

VOLTAR A PÁGINA PRINCIPAL VOLTAR A PÁGINA COTIDIANO