Apontado como membro de facção é assassinado por dupla de moto no Conjunto Macapaba

Mateus Alves Pimentel, de 19 anos, era de Altamira, no Pará, e não tinha passagens pela polícia. Nenhum dos criminosos foi preso.

Um jovem de 19 anos, identificado como Mateus Alves Pimentel, foi assassinado com um tiro no tórax por dois criminosos em uma moto na noite de segunda-feira (10) no conjunto habitacional Macapaba 2, na Zona Norte de Macapá. Os atiradores dispararam e fugiram sem serem identificados ou presos.

Mateus era de Altamira, no estado do Pará, e além do tiro no tórax, também recebeu um disparo no pé. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Testemunhas relataram à Polícia Militar que o homem integrava uma facção criminosa que atua no Amapá, mas não tinha passagens na delegacia.

O homicídio aconteceu por volta de 22h, segundo relatório do Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes). O 2º Batalhão da PM fez buscas no local, mas ninguém foi localizado.

A Polícia Civil foi acionada para dar andamento às investigações do crime e a Polícia Científica removeu o corpo para realização de perícia.

 

Fonte: G1-AP / Foto: Reprodução


O que achou desta notícia?