Foto: Polícia Civil

Polícia cumpre mandados para investigar mortandade de peixes e caça predatória no interior


Na quinta-feira, 17, a Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (DEMA), cumpriu dois mandados de busca e apreensão no interior do estado do Amapá.

O primeiro mandado foi cumprido numa empresa localizada no município de Pedra Branca do Amapari. Durante a ação, foram apreendidos dispositivos de armazenamento de dados que contêm arquivos e gravações de imagens de circuito de câmeras de segurança, a fim de instruir as investigações relacionadas à mortandade de peixes ocorrida no final do mês de novembro de 2021, no referido município. O objetivo da apreensão é tentar recuperar as imagens perdidas para compreender se houve algum incidente que pudesse contaminar os corpos hídricos da região.

O segundo mandado foi cumprido no Distrito do Cachaço, no município de Serra do Navio, a fim de apreender o aparelho celular de um homem investigado pela prática de caça predatória de animais silvestres. As investigações iniciaram no dia 7 do mês passado, após denúncia via WhatsApp. O suspeito, que teve o celular apreendido, divulgou fotos de animais (antas, pacas, jacarés, entre outros) abatidos em um grupo de WhatsApp.


O que achou desta notícia?