Médicos sabem mais sobre doença ou promoção da saúde?

Estão abertas as inscrições para o Curso de Medicina do Estilo de Vida e Naturopatia 

“Profissionais de saúde entendem muito de doença e de remédio, mas na medida em que entendem mais sobre saúde passam a ter um papel ainda mais importante na prevenção”, constata o neurologista Italo Almeida. Com 37 anos de formado – 18 deles dedicados à Medicina Natural – o especialista vem ministrando, ao lado do gastroenterologista Luiz Queiroz, o Curso de Medicina do Estilo de Vida e Naturopatia. A formação é voltada para profisisonais da área de saúde que tenham interesse em aprender mais sobre o poder de prevenção e cura dos alimentos e suplementos. 

Aproveitando o gancho do Dia Mundial da Saúde, celebrado 7 de abril, a dupla de professores de Medicina do Estilo de Vida convida médicos de diversas especialidades, enfermeiros, farmacêuticos, psicólogos, nutricionistas para participar do curso que promete um olhar mais amplo e integrativo para o exercício do cuidar. “A formação acadêmica ocidental ensina a tratar sintomas e não a buscar origem das doenças. A grade curricular da maioria dos cursos de medicina tem menos de seis horas dedicadas à nutrição ao longo dos seis anos de formação na faculdade”, destaca o especialista.

 

Os hábitos dizem quem você é; novos hábitos dizem quem você será

Vistos pela população como exemplos de autocuidado, os profissionais da saúde exercem influência no comportamento dos pacientes apesar de muitas vezes negligenciarem a própria saúde. “Esse curso dá um enorme incentivo para a promoção da saúde desses profissionais”, convida Almeida. 

E a questão vai além do autocuidado quando se exerce uma profissão que têm a missão de cuidar de outras vidas. Auxiliar o paciente a modificar hábitos é um desafio para médicos e demais agentes de saúde. A capacitação visa ampliar o repertório de conhecimentos, habilidades e atitudes centradas no paciente, afim de preparar profissionais para atuar na prevenção e no gerenciamento de doenças crônicas. Adquirindo, assim, novos aprendizados de cuidado integral. “Os profisisonais estão atuando na mera prescrição de medicamentos para mascarar sintomas ou provocando pacientes para as necessárias mudanças do estilo de vida capazes de promover saúde?”, provoca Luiz Queiroz. 

Excesso de bebida alcoólica, estresse, sedentarismo, alimentação inadequada geram desequilíbrios e, por consequência, patologias. “As pessoas podem ser despertadas para novos hábitos que fortalecem o organismo como um todo e diminuem as chances de desenvolver e agravar doenças”, acrescenta o especialista. 

A Epigenética tem comprovado cientificamente que a hereditariedade tem influência de apenas 20% no desenvolvimento de patologias nas gerações futuras. “Não somos vítimas indefesas da hereditariedade. Nosso comportamento tem mais influência que os genes no aparecimento das doenças”, alerta o diretor técnico da Neuro Integrada lembrando que o comportamento e a alimentação balanceada podem mudar o rumo da saúde muito mais que a genética. 

Mais importante que usar suplementos é reduzir a ingestão dos alimentos tóxicos já que o alto nível de adoecimento está muito associado ao estilo de vida atual, com uma dieta farta em alimentos processados e ultraprocessados, carregados de conservantes, sal e açúcar. 

O curso tem carga horária de oito horas e será ministrado de forma remota através da plataforma Google Meet. As aulas poderão ser acessadas durante três meses após a realização dos encontros ao vivo. Estudantes das áreas de saúde também podem participar da formação. Entre o conteúdo que será abordado estão: Naturologia, Medicina Integrativa, Inflamação Crônica, Medicina do Estilo de Vida, Estresse Oxidativo e Epigenética, Microbiota e Permeabilidade Intestinal e Inteligência Espiritual - A morte e o morrer. 

 

Serviço:

O quê? Curso Medicina do Estilo de Vida e Naturologia – 4ª edição 

Quem? Médicos facilitadores Italo Almeida e Luiz Queiroz

Quando? 30 de abril e 14 de maio (sábados, das 8 às 12 horas) 

Onde? Encontros on-line através da plataforma Google Meet 

Quanto? Médicos (R$400), Profissional de Saúde (R$300), Estudante da Saúde (R$150). Vagas limitadas. 

Como? Inscrições através do site institutovsi.com.br/mevn


O que achou desta notícia?