Polícia pede ajuda para capturar foragidos pelo crime de homicídio e ocultação de cadáver

A famíia da vítima oferece recompensa de R$ 2 mil para quem indicar o paradeiro dos foragidos Ronei Costa da Conceição, vulgo Tatuado e Roberto Milasse Costa da Conceição, vulgo Mila.

A Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia de Polícia de Vitória do Jari, pede a colaboração da população no repasse de informações que possam localizar Roberto Milasse Costa da Conceição (29 anos de idade), vulgo "Mila", e Ronei Costa da Conceição (25 anos de idade), vulgo "Tatuado", investigados pela prática do crime de homicídio e ocultação de cadáver.

De acordo com o Delegado Erivelton Clemente, os dois procurados são irmãos e estão sendo investigados como autores do homicídio de um homem de 55 anos de idade, ocorrido em dezembro do ano passado, na Comunidade Sem Terra, na zona rural de Vitória do Jari.

"Foi registrado o desaparecimento da vítima, que era caseiro em um terreno. Um dos investigados era caseiro no terreno vizinho. Realizamos as diligências pertinentes e os elementos colhidos nos levam aos irmãos investigados como os autores do crime de homicídio. Representei pela prisão preventiva deles e o Poder Judiciário deferiu. Eles estão foragidos. Até o momento, o corpo da vítima não foi encontrado e, por isso, também estão sendo investigados por ocultação de cadáver", explicou o Delegado.

O Delegado informou ainda que a família da vítima, voluntariamente, está oferecendo uma recompensa de R$ 2 mil para quem indicar o paradeiro dos foragidos. As denúncias podem ser feitas através do disque-denúncia da Delegacia de Polícia de Vitória do Jari: (96) 99154-4989. O sigilo da identidade dos informantes é garantido.


O que achou desta notícia?