Cerca de 8 mil pessoas participaram de programação no Dia do Trabalhador em Macapá

Foram 6 horas de programação na praça Floriano Peixoto, no centro da cidade.

A edição especial do “Feirão do Povo”, realizada em homenagem ao Dia do Trabalhador no domingo (1º), reuniu cerca de 8 mil pessoas na praça Floriano Peixoto, no centro da capital. A programação foi realizada pela Prefeitura de Macapá, com o objetivo de resgatar uma das mais antigas tradições da capital.

Todo o evento, que teve 6 horas de duração, foi acompanhado pela unidade móvel de vídeo monitoramento da Guarda Civil Municipal de Macapá (GCMM), que realizou a contagem.

Durante a programação, duas toneladas de Pirapitinga e Tambaqui foram disponibilizadas para pesca gratuita. O pescado foi adquirido de piscicultores do Quilombo do Curiaú diretamente para o evento.

A praça também abrigou 80 empreendedores em feiras afroempreendedoras, de agricultura familiar e economia criativa, vindos dos distritos do Maruanum e Santo Antônio da Pedreira, da Comunidade do Bonito e bairros da capital.

Cerca de 80 empreendedores fizeram parte da feira | Fotos: Júnior Dantas e Adevaldo Cunha/PMM

 

Além disso, foram doadas 500 mudas de espécies cultivadas no Horto Municipal de Macapá. Para os idosos, foi montada uma série de exercícios físicos na academia ao ar livre da praça.

Atrações artísticas também fizeram parte da homenagem aos trabalhadores. O evento contou com a participação dos cantores Oneide Bastos e banda, Smith Gomes e Sharlyane Skarlat, DJ Marcelo Poderoso e os grupos Pegada do Gorila e Mestres do Samba.

“Tivemos uma grande adesão da população macapaense, com resgaste da pescaria, da cultura e da tradição que fazem parte da nossa cidade, além das feiras que movimentaram a economia e prestigiaram os empreendedores”, afirma prefeito de Macapá, Dr. Furlan.

 

Realização

A iniciativa foi uma parceria entre as secretarias municipais de Desenvolvimento Integrado (Semdi); de Agricultura (Semag); do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Inovação (Semtradi); de Obras e Infraestrutura Urbana (Semob); de Meio Ambiente (Semam); de Zeladoria Urbana, além da Coordenadoria de Esporte e Lazer (Comel).

Também fizeram parte da organização os institutos municipais de Turismo (MacapaTur) e de Promoção da Igualdade Racial (Improir); a Fundação Municipal de Cultura (Fumcult); GCMM, Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac) e Bioparque da Amazônia.

“Feirão do Povo” contou com apresentações artísticas | Fotos: Júnior Dantas/PMM

 

Por Joyce Batista


O que achou desta notícia?