Foto: Erick Macias/Secom

Em posse da nova diretoria da Liga das Escolas de Samba do Amapá, Waldez anuncia R$ 3,5 mi para o carnaval 2023

Na solenidade, o governador explanou sobre os investimentos que tem feito no segmento carnavalesco durante a pandemia.

Neste sábado, 30, o governador Waldez Góes, acompanhado do senador, Davi Alcolumbre, participou da solenidade de posse da nova diretoria executiva e conselho fiscal da Liga Independente das Escolas de Samba do Amapá (Liesap) para o triênio 2022/2025.

O governador anunciou o investimento de R$ 3,5 milhões para a organização do carnaval 2023. Os recursos são de uma parceria com o senador Davi.

"Nós enfrentamos momentos difíceis durante a pandemia com a paralização do carnaval, mas queremos retornar com todo o gás, pois sabemos o quanto esse evento é importante para nossa cultura", reforçou Waldez.

O senador Davi frisou que o governo não mediu esforços quando foi convidado para participar do planejamento e reestruturação do próximo carnaval.

"Trabalhamos em parceria para retomar com essa festa que fomenta não somente a cultura, mas também o setor da economia e do turismo", afirmou Davi.

A nova diretoria e conselho fiscal foram eleitos dia 15 de março, por aclamação, em assembleia geral. A chapa vencedora "União e Compromisso, Carnaval Sempre!", tem Jocildo Lemos como presidente, e Rogério Furtado como vice.

"Vamos trabalhar incansavelmente para a realização do próximo evento. Sou grato pela oportunidade de estar à frente dessa diretoria", declarou Jocildo.

Investimentos

Durante os últimos anos, o governo do Amapá investiu R$ 939 mil no carnaval amapaense. Desse total, cerca de R$ 43 mil foram destinados para a gravação de CD das Escolas de Samba. Para o edital de Chamada Pública da Lei Aldir Blanc foi destinado R$ 700 mil para as Escolas de Samba e Blocos carnavalescos.

Para o apoio com estrutura e credenciamento de artistas para o aniversário das Escola de Samba Maracatu, Piratas Estilizados, Solidariedade, Boêmios do Laguinho e Império do Povo foi destinado R$ 135 mil.

O apoio com estrutura e credenciamento de artistas para o evento Mestre do Samba recebeu R$ 25,7 mil.

Para o credenciamento de artistas para eventos diversos com pagamento para escola de samba e blocos foi destinado outros R$ 35,4 mil.

 

 

Por: Jamylle Nogueira


O que achou desta notícia?


Cursos Básicos para Concursos