Foto: Veerney Nunes/Bioparque
Em Macapá

Visita guiada no Bioparque proporciona acolhimento e sustentabilidade

Parque recebeu 45 alunos da Escola Estadual José do Patrocínio, na Fazendinha.

Proporcionar uma nova visão sobre a importância da preservação da biodiversidade foi a missão do Bioparque da Amazônia, na quinta-feira (5). O espaço recebeu 45 alunos da Escola Estadual José do Patrocínio, localizada no bairro Fazendinha, para uma visita guiada com os guardas-parques. O momento trouxe acolhimento para os estudantes, que ficaram atentos às explicações de sustentabilidade.

De acordo com a professora e vice-diretora da escola, Valdirene Viera, a experiência fora do ambiente escolar é fundamental para os estudantes, não somente no campo educacional, mas também social.

‘’Temos alunos humildes que precisavam ser acolhidos. Na escola, quando percebemos que o estudante mora em área de risco, fazemos a intervenção dentro das salas. Hoje durante a visita no Bioparque, percebemos o quanto os alunos ficaram impressionados. Constatamos que precisavam apenas de um olhar diferenciado. Nosso trabalho não está sendo em vão, pois estamos melhorando o ensino destes meninos’’, explica a vice-diretora.

Visitas guiadas são monitoras por guardas-parques | Fotos: Veerney Nunes/Bioparque

 

Antes de saírem da escola para o passeio, os alunos receberam orientações e direcionamento acerca das atividades propostas. Todos os 45 estudantes cursam o 1º ano e estão participando da eletiva do novo ensino médio inovador, como o Vinícius Soares dos Santos, um dos beneficiados com o passeio de contemplação da fauna e flora amazônica no parque.

‘’Conhecemos os habitats que são alocados os animais, a casa da árvore e trilhas. Foi muito importante poder estar em contato com a natureza e conhecer coisas novas. A nossa escola não é apenas um local para estudar e ensinar, ela também incentiva a preservar o meio ambiente’’, comenta Vinícius.

O passeio no Bioparque tinha o objetivo de ampliar as noções de sustentabilidade, pois a escola José do Patrocínio já atua com educação ambiental, por meio do projeto Horta Viva, que faz plantio de mudas de espécies frutíferas e medicinais. A atividade é desenvolvida principalmente com os filhos dos produtores do mini-pólo da Fazendinha, integrantes da comunidade escolar.

‘’A princípio trouxemos os alunos para estreitar o contato com a natureza, para viver esse momento e interagir com o espaço que traz muito conhecimento e entretenimento. A visita contribui com a aprendizagem,pois conheceram o nome científico e a história de cada animal, além do motivos de morarem no parque’’, contribui a professora Leciane Patricia Dias, que trabalha há 15 anos na escola.

Vínicius Soares foi um dos 45 alunos de participaram da atividade de educação ambiental | Fotos: Veerney Nunes/Bioparque

 

Visitas guiadas
A atração gratuita é destinada principalmente as excursões escolares, de instituições públicas e privadas. Mas também costuma atender integrantes de igrejas, ongs, diversos centros de assistência e projetos sociais.

A visita guiada contribui com a promoção e preservação da natureza, sendo um importante instrumento de educação ambiental, pontua o diretor-presidente do Bioparque, Ezequias Ferreira.

‘’Os roteiros são adequados à faixa etária dos visitantes, se no caso das excursões escolares, podem abordar questões relacionadas à fauna, à conservação, à botânica e à interferência do homem na natureza’’, complementa.

Para solicitar, as instituições precisam enviar um ofício à gerência do parque, pelo menos uma semana antes da data desejada, no e-mail bioparque@macapa.ap.gov.br. No documento deve conter o nome da instituição e a quantidade das pessoas que irão participar da excursão, bem como o nome dos responsáveis. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (96) 99970-2084.

Bioparque
O Bioparque da Amazônia é uma fundação pública municipal, vinculada à Prefeitura de Macapá. O espaço natural possui uma área de 107 hectares de floresta, no meio do centro urbano de Macapá. Localizado na rodovia Josmar Chaves Pinto, antiga JK, o parque funciona de quarta a domingo, das 9h às 17h. A bilheteria encerra às 16h20.

Alunos conheceram as trilhas e logradouros de animais | Fotos: Veerney Nunes/Bioparque

 

Por Aline Paiva


O que achou desta notícia?